Setor de Telecomunicações diz que reoneração da folha fechará 160 mil vagas

Fernando Castilho
Fernando Castilho
Publicado em 14/03/2018 às 13:00
Leitura:
""O Setor de Telecomunicações abriga mais de quinze mil empresas de prestação de serviços no Brasil e emprega mais de um milhão de trabalhadores. É de vital importância para a economia nacional e representa cerca de 5% do faturamento do PIB.No entanto, o setor que já paga estratosféricos R$ 60 bilhões em tributos anualmente poderá demitir até 160 mil empregados se a desoneração da folha de pagamento for revertida , como promete o governo.Os tributos cobrados dos serviços de telefonia fixa, internet e celular equivalem a 47% da receita líquida das empresas do setor de Telecomunicações. Esta é a maior carga tributária do mundo sobre um serviço essencial.Os impostos de serviços de telefonia fixa, internet e celular inibem a contratação de maior número de profissionais, travando investimentos no setor e atrasando a revolução digital, tão necessária ao País.Como se pode trabalhar assim no País?, indaga Vivien Mello Suruagy, presidente da Feninfra (Federação Nacional de Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e Informática).Desde 2001, arrecadamos R$ 86 bilhões para os fundos de telecomunicação do governo, além de outros R$ 60 bilhões de outros tributos que pagamos anualmente, afirma Vivien.Para a empresária, toda essa carga não corresponde à eficiência com que o dinheiro é gasto. O governo investe somente 7% do que arrecada, o que leva as empresas a pedir equilíbrio na balança e maior simplificação na planilha dos impostos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias