Cenário econômico em Pernambuco, no Brasil e no Mundo, por Fernando Castilho

JC Negócios

Por Fernando Castilho
castilho@jc.com.br

Informação e análise econômica, negócios e mercados

Coluna JC Negócios

A conta de energia vai subir. Veja como pode economizar e pagar menos

A Aneel tem uma proposta de cobrar até R$ 12 por cada 100 quilowatts-hora que o consumidor usar. Isso quer dizer R$ 28,47 para uma família que use 300 quilowatts-hora

Fernando Castilho
Fernando Castilho
Publicado em 29/06/2021 às 11:45
Notícia
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Problema afetou o fornecimento de energia em pelo menos quatro bairros do Recife - FOTO: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

Para o consumidor que já anda preocupado com a inflação dos alimentos, a previsão de aumento a partir de um reajuste nas bandeiras é motivos de mais um motivo para tomar cuidados. Isso quer dizer que até dezembro o consumidor vai pagar mais caro na sua conta de energia.

A Aneel aprovou uma proposta de cobrar até R$ 9,49 por cada 100 quilowatts-hora que o consumidor usar. Isso quer dizer R$ 28,47 para uma família que use 300 quilowatts-hora que uma média a maioria das famílias no Brasil gasta.

Mas é bom saber. Mesmo que a família economize energia e mantenha os 300 quilowatts-hora vai pagar os R$ 28,47 a mais na conta dos próximos meses.

O sistema foi criado pela ANEEL, para sinalizar sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica.

O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

O problema de 2021 é que em junho, as afluências nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN) estiveram entre as mais críticas do histórico.

Por isso a bandeira tarifária em julho de 2021 será vermelha, patamar 2, em razão da intensidade da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), registrando condições hidrológicas desfavoráveis.

A energia vai custar mais cara e por isso a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL e a Câmara de Comercialização de energia CCEE Elétrica já estão comprando mais energia termelétrica. Na última nesta sexta-feira, ele fez dois leilões de energia existente.

Comprou 249,9 megawatts (MW) de uma usina movida a gás natural liquefeito (GNL), da Petrobras a Usina Termelétrica Cubatão. Mas essa energia só será fornecida entre 01/01/2025 e 31/12/2039 para três distribuidoras Equatorial Energia Pará (Celpa), Equatorial Energia Maranhão (Cemar) e Light.

Veja como fazer economia de Energia

Chuveiro elétrico
•Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos
•Selecionar a temperatura morna no verão
•Verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo

Ar-condicionado
•Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar-condicionado
•Manter os filtros limpos
•Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar-condicionado
•Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto

Geladeira
•Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário
•Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções
•Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira
•Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não a utilizar para secar panos
•Não forrar as prateleiras
•Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente

Iluminação
•Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras

Ferro de passar
•Juntar roupas para passar de uma só vez
•Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura
•Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa

Aparelhos em stand-by
•Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausência

 

Comentários

Últimas notícias