Faixa Azul da Estrada dos Remédios, a sétima do Recife, vai entrar em operação segunda-feira (18)

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 13/12/2017 às 12:01
Faixa Azul cortará os bairros de Afogados, Ilha do Retiro, Madalena e Torre
Faixa Azul cortará os bairros de Afogados, Ilha do Retiro, Madalena e Torre
Leitura:
[caption id="attachment_10992" align="aligncenter" width="748"]"" Equipamento terá 3,6 quilômetros de extensão e começou a ser sinalizado. Fotos: Bobby Fabisak/JC Imagem[/caption] Já está parcialmente sinalizada a sétima Faixa Azul do Recife, a versão recifense do sistema BRS (Bus Rapid Service), que chegou ao Brasil em 2010 pelo Rio de Janeiro e tem proporcionado ganhos de até 100% na velocidade comercial dos ônibus. O novo equipamento está sendo implantado pela Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) na 2ª Perimetral da cidade, na Zona Oeste da capital. Terá 3,6 quilômetros de extensão, começando na Estrada dos Remédios, em Afogados, seguindo pela Avenida Visconde de Albuquerque, na Madalena, e terminando na Rua José Bonifácio, na Torre.A operação do novo equipamento começará na próxima segunda-feira (18/12). Por enquanto, apenas parte da sinalização horizontal foi feita. As placas indicativas da prioridade dos ônibus ainda não foram instaladas. O novo trecho está sendo implantado pelo município após um intervalo de um ano e meio sem expandir o projeto Faixa Azul, iniciado em 2013. Será mais uma Faixa Azul a entrar em operação sem a fiscalização eletrônica, o que reduz os efeitos positivos da prioridade ao ônibus porque as invasões são mais comuns. Atualmente, apenas o equipamento da Avenida Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira, e parte do instalado na Avenida Herculano Bandeira, no Pina, têm câmeras. [caption id="attachment_10991" align="aligncenter" width="748"]"" Simulação da Faixa Azul na Visconde de Albuquerque feita pelo ilustrador Ronaldo Câmara sobre foto de Diego Nigro/JC Imagem[/caption] A nova rota corta  os bairros de Afogados, Ilha do Retiro e Madalena, chegando a Torre. Começa após o mercado público e a feira livre de Afogados, no cruzamento da Estrada dos Remédios com a Rua Alcedo Marrocos, e termina no cruzamento da Rua José Bonifácio com a Rua Vitoriano Palhares (altura do Atacado dos Presentes), na Torre.LEIA TAMBÉMFaixas Azuis nem são ampliadas nem cuidadas no RecifeSe tiver competência, Recife poderá receber R$ 200 milhões para implantar Faixas Azuis para os ônibusCadê as Faixas Azuis para os ônibus?Faixa Azul da Conselheiro Aguiar aumenta velocidade dos ônibus em 49%. Viva!Avenida Recife ganha Faixa Azul na segunda-feira. Será o sexto equipamento do Recife [caption id="attachment_10993" align="aligncenter" width="748"]"" Faixa Azul cortará os bairros de Afogados, Ilha do Retiro, Madalena e Torre[/caption] A faixa exclusiva beneficiará diretamente 16 linhas de ônibus segundo números do Grande Recife Consórcio de Transporte (GRCT) , operadas por 138 coletivos que transportam 62.378 passageiros por dia. Por estar implantada em vias que compõem a Segunda Perimetral do Recife, a expectativa é de que os ganhos na velocidade comercial dos ônibus e, consequentemente, na redução do tempo das viagens para os passageiros serão grandes. Além disso, algumas linhas que serão beneficiadas pela nova rota interligam terminais integrados, como é o caso da TI Aeroporto/TI Afogados, TI Xambá/TI Largo da Paz e PE-15/Afogados. Também há linhas extensas, como a Rio Doce/CDU, que fazem longas viagens.Com o novo equipamento, o Recife totaliza 36,3 quilômetros de Faixa Azul implantados entre 2013 e 2017. Segundo a Autarquia de Trânsito e Transporte do Recife (CTTU), esse número corresponde a um aumento de 180% nos quilômetros de faixas exclusivas existentes no município em cinco anos. Embora o total ainda seja pouco, o município passou de 20,51 quilômetros, implantados entre os anos de 1980 e 2012, para cerca de 58 quilômetros em 2017. De forma geral, o projeto das Faixas Azuis beneficia, diariamente, 700 mil passageiros do transporte público na cidade. ""

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias