Sombreiros tecnológicos para bicicletas mais perto de virar realidade

Publicado em 07/12/2019 às 10:55
NE10
FOTO: NE10
Leitura:

 

Os sombreiros universais e tecnológicos para bicicletas, criados pela startup pernambucana CicloShadow, estão mais perto de virar realidade e chegar ao mercado para serem utilizados pelos ciclistas. A CicloShadow foi a única empresa de Pernambuco selecionada no edital do Fundeci 2018 do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Agora, com o apoio financeiro, será possível dar continuidade ao desenvolvimento dos equipamentos. Os sombreiros, que também podem ser usados em cadeiras de rodas e similares, foram pensados para oferecer conforto às pessoas que querem pedalar e, no caso, do Nordeste, enfrentam altas temperaturas. Ou seja, precisam pedalar sob sol forte e com muito calor.

A expectativa dos desenvolvedores é que o sombreiro esteja disponível no segundo semestre de 2020. Ensaios e testes em laboratório e em campo serão necessários. O projeto tem o apoio institucional do governo de Pernambuco, através do Pedala PE, e conta com a parceria do Instituto Avançado de Tecnologia e Inovação, entidade sem fins lucrativos que estimula projetos em inovação. Existe, ainda, uma cooperação firmada entre o Brasil e a China para o desenvolvimento de novos produtos, que também tem o apoio da CTC – China Trade Center. “Esse projeto tem impacto socioambiental e, por isso, uniu parceiros visionários no eco sistema com o objetivo de viabilizar a solução inovadora com o foco na mobilidade inteligente para o desenvolvimento sustentável”, comemora Márcio Verçoza, um dos idealizadores do Cicloshadow.

Últimas notícias