Promessa de Faixa Azul nas Avenidas Rui Barbosa e Visconde de Jequitinhonha. E, mais uma vez, na Agamenon Magalhães

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 10/02/2020 às 21:02
Leitura:
[caption id="attachment_13811" align="aligncenter" width="748"]"" Faixa Azul da Avenida Agamenon Magalhães é prometida pela Prefeitura do Recife desde 2017 e ainda não saiiu do papel. João Braga prometeu para o primeiro semestre de 2019. Na foto, a simulação do equipamento[/caption] Um dos corredores mais emblemáticos do pesado trânsito da Zona Norte do Recife, a Avenida Rui Barbosa, no bairro das Graças ? ligação estratégica da região com o Centro da capital ?, vai ganhar ainda este ano uma Faixa Azul, denominação recifense para as faixas exclusivas de ônibus. A novidade foi dada pelo secretário de Mobilidade Urbana do Recife, João Braga, e confirmada pelo secretário de Desenvolvimento Urbano de Pernambuco, Marcelo Bruto, durante reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), realizada na manhã desta segunda-feira (10/2), na Iputinga, Zona Oeste do Recife.LEIA MAISFaixa Azul em ritmo lento no Recife. Muita promessa e pouca expansãoCadê as Faixas Azuis?A Zona Sul também ganhará um novo equipamento de circulação exclusiva dos coletivos ? o quarto da região ?, a ser implantado na Avenida Visconde de Jequitinhonha (via que é continuação da Avenida Domingos Ferreira e faz a ligação da capital pernambucana com o município de Jaboatão dos Guararapes). Além das novas Faixas Azuis, João Braga também confirmou que a faixa exclusiva da Avenida Agamenon Magalhães ? cuja implantação é prometida pela PCR há três anos ? sairá do papel ainda neste semestre.?Estamos fazendo estudos para viabilizar o projeto. Nossa ideia é implantar a faixa exclusiva em toda a extensão da Avenida Rui Barbosa onde há três faixas. Entendemos que onde ela afunila para apenas duas faixas fica difícil. Mas os estudos apontarão tudo isso. Queremos tentar implantar ainda neste semestre?, afirmou João Braga. Pelas explicações do secretário, a Faixa Azul seria implantada a partir da Praça de Parnamirim até a altura da Praça dos Manguinhos. Outros detalhes do projeto não foram repassados pela prefeitura porque, segundo foi explicado pela assessoria de imprensa da Secretaria de Mobilidade, os estudos ainda estão no início e não há o que ser dito por enquanto."" ""Embora criadas pela Prefeitura do Recife, as Faixas Azuis serão implantadas atendendo à estratégia do governo do Estado de orientar e estimular ? inclusive financeiramente ? a ampliação do projeto não só no Recife, mas em todas as cidades da Região Metropolitana que são atendidas pelo Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP). ?Por isso estamos denominando de Faixa Azul Metropolitana. Serão corredores metropolitanos de circulação exclusiva dos ônibus integrados com as cidades. Começarão no Recife e seguirão até Olinda ou até Jaboatão dos Guararapes, por exemplo?, explicou o secretário Marcelo Bruto.Para garantir que as Faixas Azuis Metropolitanas de fato sairão do papel, o Estado vai criar por decreto uma Câmara Permanente de Gestão de Corredores Exclusivos. Esse grupo ficará responsável por conseguir financiamento para implantação dos equipamentos, principalmente em relação à fiscalização eletrônica e às obras físicas que às vezes são necessárias antes do projeto. O Recife começou embalado no projeto e fez 38 quilômetros de faixas exclusivas  - existiam mais 20 quilômetros na cidade, mas parou no tempo e desde janeiro de 2018 nenhum novo equipamento foi viabilizado. Em dezembro de 2019, fez um prolongamento de cinco quilômetros (2,5 quilômetros em cada sentido) da Faixa Azul da Avenida Mascarenhas de Morais. Apenas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias