COLUNA MOBILIDADE

Menos vagas para carros e mais espaço para o pedestre. Confira como está a nova Rua da Palma, no Centro do Recife

A lógica de priorizar o automóvel em detrimento de quem caminha foi invertida. Prefeitura do Recife está de parabéns

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 11/06/2021 às 18:25
Notícia
PCR/DIVULGAÇÃO
Expectativa, agora, é que outras ruas comerciais da cidade ganhem intervenções semelhantes - FOTO: PCR/DIVULGAÇÃO
Leitura:

A Prefeitura do Recife, de fato, inverteu a lógica perversa e histórica das cidades - a capital pernambucana entre elas - de sempre, sempre, reservar mais espaço para os automóveis e menos para os pedestres. A nova Rua da Palma, localizada no bairro de Santo Antônio, Centro da cidade e requalificada na semana passada, é exemplo dessa mudança. Além de ampliar o espaço para o pedestre circular na via - ponto tradicional do comércio do Centro - usando o urbanismo tático, suprimiu diversas vagas de estacionamento rotativo (Zona Azul) para veículos no local.

PCR/DIVULGAÇÃO
42 vagas de estacionamento rotativo para carros foram retiradas da Rua da Palma - PCR/DIVULGAÇÃO

Segundo informações da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), 42 vagas foram retiradas para abrir espaço para os pedestres circularem na via. Eles, inclusive, são predominantes no local: 1.700 pessoas passam na Rua da Palma por hora-pico, além das que chegam nos 190 veículos que trafegam diariamente. A rua teve as calçadas alargadas com o uso do urbanismo tático, ferramenta que usa a pintura e pequenos objetos para ampliar com segurança o espaço para os pedestres. O projeto foi desenvolvido em parceria com a Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária, que vem dando consultoria a CTTU.

PCR/DIVULGAÇÃO
Rua da Palma amplia espaço para pedestres com urbanismo tático - PCR/DIVULGAÇÃO
PCR/DIVULGAÇÃO
60% do espaço que antes era destino aos veículos na Rua da Palma, agora são para pedestres - PCR/DIVULGAÇÃO
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
MODERNIZAÇÃO Lojas do bairro de Santo Antonio também estão se renovando para atrair o público - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Rua da Palma de cara nova - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Antes da requalificação, 60% do espaço era voltado para os automóveis, caminhões e motos na via, enquanto os pedestres tinham 40%. Agora, a lógica se inverteu e quem caminha passou a contar com 1.000 metros quadrados de espaço. Em maio, quando se celebra o Maio Amarelo, movimento que busca a redução de mortes e mutilações no trânsito, o prefeito do Recife, João Campos, assinou a carta "Ruas Pela Vida", na qual se comprometeu com a redução de velocidade nas vias locais e desenhos de ruas mais humanizados e sustentáveis, focados na segurança viária e na mobilidade de todas as pessoas, incluindo idosos, crianças e pessoas com deficiência e baixa locomoção. Desde lá, já foi entregue a Rua do Bom Jesus, completamente pedestrianizada e, agora, a Rua da Palma, com o alargamento de calçada.

Comentários

Últimas notícias