Por causa de assaltos, TJPE autoriza cartório em Jaboatão a fechar mais cedo

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 11/02/2020 às 7:49
Assaltos no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão, preocupam comerciantes. Foto: Guga Matos/JC Imagem
Assaltos no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão, preocupam comerciantes. Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:
[caption id="attachment_6208" align="alignnone" width="748"]"" Assaltos no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão, preocupam comerciantes. Foto: Guga Matos/JC Imagem[/caption]A onda de assaltos no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes, preocupa moradores e comerciantes. A situação na localidade - crônica - levou o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) a autorizar que o cartório de registro civil do bairro feche as portas uma hora mais cedo.O pedido da mudança no horário de atendimento ao público foi feito pela própria titular do cartório. Entre os motivos, ela argumenta que Cavaleiro é uma área de risco, com alta incidência de assaltos.Ao invés de funcionar das 9h às 17h, como exige o Código de Normas, o Cartório de Registro Civil de Cavaleiro passa a funcionar das 8h às 16h.A autorização foi assinada pelo juiz corregedor auxiliar dos Serviços Notariais e de Registro, Carlos Damião Pessoa Costa Lessa.ESTATÍSTICASA Secretaria de Defesa Social (SDS) não revela números de assaltos por bairros. Mas, segundo o balanço do ano passado, Jaboatão dos Guararapes foi o segundo município com maior ocorrências de roubos e furtos no Estado. No total, há 7.018 registros de assaltos. Perde apenas para o Recife, que contabilizou mais de 28 mil ocorrências.LEIA TAMBÉMHomens usam faca peixeira em assalto na saída do Recife AntigoSDS vai usar tecnologia de reconhecimento facial para prender criminosos

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias