SEGURANÇA

Em Pernambuco, policiais militares fazem homenagem a cão que morreu

Animal de 10 anos trabalhou na segurança da Copa do Mundo, de 2014, e também no combate ao tráfico de drogas

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 17/05/2021 às 18:53
Notícia
PMPE/Divulgação
Cão Parada ao lado dos policiais militares - FOTO: PMPE/Divulgação
Leitura:

Policiais militares da Companhia Independente de Policiamento com Cães, a CIPCães, farão uma homenagem especial nesta terça-feira (18). Será durante a despedida do cão Parada, de 10 anos, que morreu de insuficiência respiratória. Animal da raça pastor belga de Malinois, ele estava junto à tropa desde 2014, quando foi adquirido para trabalhar no policiamento da Copa do Mundo, de 2014.

O corpo de Parada será cremado às 10h, no cemitério Morada da Paz. De acordo com a Polícia Militar de Pernambuco, o cão era muito especial para a tropa. Durante a Copa, se mostrou muito habilidoso - farejava explosivos e realizava a varreduras em ambientes onde as delegações de futebol e autoridades transitaram, impedindo assim qualquer possibilidade de atentados.

Após o final da Copa do Mundo, Parada passou a receber outros treinamentos, se especializando na descoberta de entorpecentes escondidos. Ele passou a contribuir no combate ao tráfico de drogas em Pernambuco, atuando de forma direta em apreensões significativas de entorpecentes. 

Comentários

Últimas notícias