VIOLÊNCIA

"Estamos expostos diariamente", diz Sinpol-PE sobre mortes de policiais rodoviários federais

Policiais foram assassinados a tiros em Fortaleza, no Ceará, nesta quarta-feira (18)

Raphael Guerra
Cadastrado por
Raphael Guerra
Publicado em 18/05/2022 às 18:42 | Atualizado em 19/05/2022 às 15:15
PRF/Divulgação
Policiais rodoviários federais foram atingidos a tiros em Fortaleza, no Ceará - FOTO: PRF/Divulgação
Leitura:

Os assassinatos de dois policiais rodoviários federais em Fortaleza, no Ceará, chocou o País nesta quarta-feira (18). As vítimas estavam de serviço no km 6 da BR-116 quando foram atacados por um homem, que também acabou morto a tiros por outro policial que passava pelo local e observou a confusão.

O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) se pronunciou, por meio de nota, sobre o caso.

"Mais uma vez somos confrontados com a importância da nossa profissão e o risco pelo qual estamos expostos diariamente. Fatalidades como essa só reforçam a urgência do cuidado e do investimento no Profissional de Segurança Pública, que em nosso país tem status de guerreiro, mas vive uma realidade bem aquém dessa afirmação meramente utópica", disse o texto publicado nas redes sociais. 

Os agentes mortos foram identificados como Márcio Hélio Almeida de Sousa e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho. De acordo com as investigações, eles prestavam ajuda a um motorista que estava com o veículo enguiçado às margens da rodovia. Foi quando um homem em situação de rua teria se aproximado, puxado a arma de um dos policiais e disparado contra eles. 

A identidade do homem, que também foi morto, não foi informada oficialmente. 


 

 

 

Comentários

Últimas notícias