SOLENIDADE

Mais de 1,5 mil novos residentes começam a atuar em unidades de Saúde de Pernambuco na segunda-feira

Residentes, entre médicos e profissionais da saúde, estarão distribuídos em todas as regiões do Estado

JC
JC
Publicado em 26/02/2021 às 23:37
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Plataforma reúne hotéis que oferecem hospedagem gratuita ou com preços reduzidos aos profissionais de saúde neste momento de combate à covid-19 - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), recebeu, nesta sexta-feira (26), mais de 1.500 novos residentes da área da saúde, incluindo médicos, que irão atuar em unidades da rede estadual.

A solenidade ocorreu de forma online e contou com a participação do médico infectologista Demétrius Montenegro, do secretário estadual de Saúde, André Longo, da presidente da Comissão Estadual de Residência Médica (Coreme/PE), Liana Medeiros Cavalcante, e da representante da Coordenação de Residências Multiprofissionais (Coremu), Marina Petribu.

"Sabemos da importância de estarmos criando as estruturas, fazendo os investimentos necessários mas, principalmente, formando profissionais que estejam cada vez mais habilitados a salvar vidas", destacou Paulo Câmara.

A partir da próxima segunda-feira (1º), os profissionais iniciam seus respectivos programas de residência, nos quais permanecerão por um período de um a cinco anos, no caso da residência médica, e entre dois e três anos nos de outras áreas de saúde. O valor da bolsa é de R$ 3.330,43.

Este ano, serão investidos R$ 123 milhões em bolsas de residência, sendo R$ 87 milhões (71%) em recursos do tesouro estadual, o que representa um acréscimo de R$ 1,3 milhões em relação ao ano anterior. Quando se compara a previsão de 2021 com 2014, houve um crescimento de 125% no valor total despendido (R$ 54,4 milhões em 2014).

 

Comentários

Últimas notícias