SRAG

Covid-19: Pernambuco registra, pela primeira vez em 2021, redução nos pedidos de internação em UTI por duas semanas seguidas

A informação foi confirmada pelo secretário de Saúde do Estado, André Longo. Segundo ele, houve redução entre as semanas epidemiológicas 12 (de 21 a 27 de março) e 13 (de 28 de março a 3 de abril)

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 08/04/2021 às 21:56
HÉLIA SCHEPPA/SEI
Total de pessoas infectadas no Brasil desde o início da pandemia alcançou 21.939.196 - FOTO: HÉLIA SCHEPPA/SEI
Leitura:

Pela primeira vez em 2021, Pernambuco registrou redução nos pedidos de internação em unidades de terapia intensiva (UTIs) para tratar pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) na Central de Regulação Hospitalar, gerida pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) por duas semanas seguidas. A informação foi divulgada pelo secretário André Longo na tarde desta quinta-feira (8). Segundo ele, na semana epidemiológica 13 (de 28 de março a 3 de abril) houve redução de 11% ante a semana 12 (de 21 a 27 de março).

Ainda de acordo com o secretário, na semana epidemiológica 12 o Estado já havia registrado queda de 4%. Na semana 12, foram 1.169 solicitações. Já na semana 13, 1.043.  

O boletim divulgado pela SES-PE nesta quinta-feira mostra que, do total de 1.577 leitos de UTI na Central Estadual de Regulação Hospitalar, 96% estava ocupado. Já em relação aos leitos de enfermaria, há 1.217 leitos, sendo que 87% estão ocupados. Totalizando 2.794 leitos abertos e uma taxa de ocupação média de 92%. 

Já na rede privada, são 822 leitos para tratar pacientes com Srag e uma taxa de ocupação média de 81%. Dos 510 leitos de UTI, 90% estão ocupados. Em relação aos leitos de enfermaria, dos 312 abertos, 66% estão com pacientes. 

Na análise da taxa de mortalidade, de acordo com levantamento da Organização PanAmericana da Saúde (OPAs/OMS), nos últimos 30 dias, Pernambuco possui a menor taxa de mortalidade do país nos últimos 30 dias. Em 2020, o Estado teve a 12ª maior taxa do país e no acumulado de 2021, registra a segunda menor taxa.

"Este indicador é reflexo direto do grande esforço de abertura de leitos que estamos fazendo, por determinação do governador Paulo Câmara, e também das medidas de isolamento. Ao todo, desde março, já são 1.578 vagas de UTI, das quais 550 abertas em 40 dias. com isso, conseguimos internar um número cada vez maior de pacientes, de forma mais precoce, conseguindo, assim, salvar mais vidas", analisou André Longo.

Pandemia em Pernambuco

Pernambuco bateu recorde em 2021 e confirmou 82 óbitos por covid-19 em 24 horas, segundo boletim da Secretaria Estadual de Saúde divulgado nesta quinta-feira. Com as novas confirmações, o Estado contabiliza 12.623 vidas perdidas para a pandemia.

De acordo com a secretaria, os óbitos confirmados ocorreram entre os dias 24 de setembro de 2020 e essa quarta-feira (7).

Além disso, o boletim traz 2.884 novos casos do novo coronavírus. Desses, 199 (7%) são de pessoas que desenvolveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.685 (93%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 364.354 casos confirmados da doença, desde o início da pandemia, sendo 37.227 graves e 327.127 leves.

Comentários

Últimas notícias