COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Covid-19: "Não podemos confiar nas vacinas para reduzir infecções quando não há imunização para todos", diz diretora da Opas

As vacinas são, de acordo com Carissa Etienne, uma parte das respostas abrangentes, o que inclui a prevenção por meio de medidas de saúde

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 05/05/2021 às 15:20
Notícia
JANAÍNA PEPEU/DIVULGAÇÃO
Vacinação é fundamental para o combate à pandemia, mas até agora os países da América Latina e Caribe ainda não receberam doses suficientes para imunização mais abrangente contra o coronavírus - FOTO: JANAÍNA PEPEU/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Nesta quarta-feira (5), a diretora da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Carissa Etienne, disse, em entrevista coletiva, que é preciso manter as medidas de prevenção contra a covid-19 neste momento, como uso de máscaras e distanciamento social. A diretora argumentou que a vacinação é fundamental para o combate à pandemia, mas que, até agora, os países da América Latina e Caribe ainda não receberam doses suficientes para uma imunização mais abrangente contra o coronavírus.

“Embora as pessoas estejam sendo vacinadas, não podemos confiar nas vacinas para reduzir as infecções quando não há vacinas para todos. Elas são uma parte das respostas abrangentes que inclui a prevenção por meio de medidas de saúde. É por isso que precisamos fazer tudo para dobrar a curva e reduzir as infecções”, destacou Etienne.

A diretora lembrou que, em diversos países, as unidades de terapia intensiva (UTI) vêm sendo insuficientes para atender aos pacientes com covid-19. Mesmo com a ampliação dos leitos, a ocupação também avança, criando dificuldades de atender ao número de infectados com o avanço da pandemia.

A diretora não deixou de ressaltar também a necessidade de ampliar o ritmo da vacinação na região. “Precisamos de mais vacinas, estamos buscando nos níveis mais elevados para ter aumento de suprimento e países que têm vacinas em excesso”, acrescentou. Ela informou que a Opas vem dialogando com o governo da Índia para que sejam liberadas as doses previstas no contrato do mecanismo Covax Facility, consórcio coordenado pela Organização Mundial de Saúde.

Comentários

Últimas notícias