IMUNIZAÇÃO

Confira os locais de vacinação contra a gripe no Recife

Segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (gripe) começa nesta terça-feira (11) em todo país. No Recife, imunização ocorre em 153 unidades da Secretaria de Saúde

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 10/05/2021 às 14:01
Notícia
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Até agora, cerca de 30% dos grupos prioritários tomaram a vacina. A meta é imunizar pelo menos 90% dessa população - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (gripe) começa nesta terça-feira (11) em todo país. Agora, também podem receber o imunizante os idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da rede básica da Educação. No Recife, é esperado que mais de 200 mil pessoas sejam alvos nesta etapa. Segundo a prefeitura da cidade, a vacina é oferecida em 153 unidades da Secretaria de Saúde, de segunda a sexta, entre 8h e 17h, e também em três pontos volantes da cidade: Parque Dona Lindu (Boa Viagem), Sítio Trindade (Casa Amarela) e no Pátio do Carmo (bairro de Santo Antônio).

No Dona Lindu e no Sítio Trindade, a vacinação ocorre de domingo a domingo. Já o ponto montado no Pátio do Carmo funcionará de segunda a sábado, já que no domingo este ponto é deslocado para o Marco Zero (Bairro do Recife). Todos os locais têm o mesmo horário de funcionamento. Confira a lista completa:

 

Composta por vírus inativado, a vacina protege contra os três tipos de vírus que mais circulam no hemisfério sul: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

Recomendações

É importante destacar que, mesmo com o início desta nova fase, as pessoas incluídas no grupo anterior podem continuar recebendo a vacina contra a gripe da mesma forma. Por recomendação do Ministério da Saúde, a vacina contra a covid-19 deve ser priorizada e, por isso, é indicado que as pessoas dos grupos elegíveis concluam o esquema vacinal antes de receber a vacina contra influenza. Além disso, deve ser respeitado um intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas contra covid-19 e gripe.

A vacina contra a gripe não tem eficácia contra o novo coronavírus, mas a gestão municipal explica que a imunização vai ajudar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para covid-19, já que alguns dos sintomas podem ser parecidos com os da gripe. "O objetivo é reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções provocadas pelos vírus Influenza, e também desafogar os serviços de pronto atendimento", disse a prefeitura.

“A vacinação contra a gripe é tão importante quanto a de covid-19. Então, quem estiver apto a tomar este imunizante deve procurar um dos pontos da Prefeitura para se vacinar. A gripe também é uma doença que pode levar a morte e a vacina tem o objetivo de evitar formas graves dessa doença, além disso, pode facilitar o diagnóstico nos serviços de saúde”, reforça a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) no Recife, Elizabeth Azoubel.

Cobertura

De acordo com o Programa de Imunização do Recife, mais de 510 mil pessoas fazem parte do público-alvo da campanha na capital pernambucana. Até agora, cerca de 30% dos grupos prioritários tomaram a vacina. A meta é imunizar pelo menos 90% dessa população.

Documentos

Para agilizar a vacinação, a Secretaria de Saúde do Recife recomenda que os usuários levem um documento de identificação, a carteira de vacinação e o cartão SUS (se tiverem esses dois últimos). Parte do público-alvo precisa apresentar também documentos que provem a necessidade da imunização. Os profissionais das redes públicas e privadas de saúde, por exemplo, devem levar comprovantes laborais, como crachás ou carteira de trabalho.

Medidas para evitar infecções respiratórias como gripe e covid-19:

  • Lavar as mãos com água e sabão, frequentemente (principalmente antes de consumir algum alimento e após tossir, espirrar ou depois de usar o banheiro);
  • Evitar levar as mãos ao rosto (olhos, nariz, boca);
  • Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com lenço descartável. Após o uso, descartá-los em lixeiras;
  • Na ausência de um lenço, usar o ombro ou antebraço interno como barreira ao tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar alimentos, copos, garrafas, toalhas e objetos de uso pessoal;
  • Manter os ambientes ventilados, com portas e janelas abertas, para favorecer a circulação de ar;
  • Pessoas com gripe/resfriado devem evitar sair de casa, sobretudo para ambientes fechados e com aglomerações, assim como devem evitar ter contato direto com outras pessoas (abraço, beijo, apertos de mão etc);
  • Não usar medicamentos sem orientação médica. A automedicação pode ser prejudicial à saúde;
  • Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

Comentários

Últimas notícias