COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Em dia de chuva torrencial, caminhão carregado com vacinas contra covid-19 fica preso em alagamento no Recife

Caminhão frigorífico estava com 5,1 mil vacinas contra covid-19 da Pfizer

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 14/05/2021 às 12:59
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Caminhão frigorífico com 5,1 mil vacinas da Pfizer ficou impossibilitado de transitar na Avenida Recife - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Na manhã desta sexta-feira (14), devido às fortes chuvas, um caminhão com doses de vacina contra covid-19 ficou preso em alagamento na Avenida Recife, na Zona Sul do Recife. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). "Devido às fortes chuvas que acometem a capital pernambucana nos últimos dias, o caminhão frigorífico com 5,1 mil vacinas da Pfizer/BioNtech contra a covid-19, destinadas ao município de Petrolina (Sertão de Pernambuco), ficou impossibilitado de transitar na Avenida Recife na manhã desta sexta-feira (14)", esclareceu, em nota, a SES. 

O comunicado acrescenta que, de imediato, foram acionadas equipes da SES, o Corpo de Bombeiros e a 
Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) para fazer o resgate com segurança dos insumos, que estavam devidamente conservados em nitrogênio líquido refrigerado. "As doses foram levadas de volta, na temperatura adequada, ao Programa Estadual de Imunização, já que não há mais voos disponíveis para Petrolina na data de hoje", diz.

As vacinas, que permanecem nas condições necessárias para posterior uso, serão enviadas, segundo a SES, já na manhã deste sábado (15) para o Sertão pernambucano.

Mais 42,4 mil vacinas da CoronaVac chegam a Pernambuco

Uma nova remessa de vacinas CoronaVac/Butantan, com quatro volumes, totalizando 42,4 mil imunizantes contra o novo coronavírus, chegou às 7h41 desta sexta-feira (14) a Pernambuco, em um voo da Azul Linhas Aéreas. O novo quantitativo ficará armazenado no Programa Estadual de Imunização (PNI-PE) e será destinado aos municípios que oficializarem a necessidade de segundas doses.

“Vamos reservar essa nova remessa para assegurar que os pernambucanos recebam a segunda dose. Apesar de estarmos progredindo na vacinação no Estado, ainda há instabilidade por parte do governo federal na distribuição dos imunizantes. Por isso, temos buscado eficientizar ao máximo as doses que recebemos”, afirmou o governador Paulo Câmara.

De acordo com a superintendente de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Ana Catarina de Melo, o quantitativo de vacinas recebido na noite desta quinta-feira (13) já está sendo distribuído às Gerências Regionais de Saúde, fechando as pautas oficiais das segundas doses. E com a remessa desta sexta-feira (14), o Estado garante uma reserva técnica.

“Contudo, caso alguma cidade tenha utilizado mais vacinas como primeira dose, é preciso oficializar a informação, que será analisada pelo PNI-PE e pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde. Com essas informações, faremos a divisão entre os municípios, de forma a não prejudicar a população que precisa finalizar o esquema vacinal para ficar protegida contra a covid-19”, explicou a superintendente.

Já somadas às doses que chegaram na manhã desta sexta, Pernambuco totaliza 3.451.830 de vacinas contra a covid-19 recebidas, sendo 1.959.160 da CoronaVac/Butantan, 1.428.320 da AstraZeneca/Fiocruz e 64.350 da Pfizer/BioNTech.

Comentários

Últimas notícias