PANDEMIA

Pernambuco confirma mais 964 casos da covid-19 neste domingo (20); número de óbitos chega a 17.254

Segundo o boletim da SES-PE, também foram registrados mais 38 novos óbitos

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 20/06/2021 às 20:38
Notícia
NE10
Os primeiros casos da covid-19 em Pernambuco foram confirmados em março de 2020 - FOTO: NE10
Leitura:

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) confirmou, neste domingo (20), mais 964 novos casos da covid-19. Desse total, 80 (8,3%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 884 (91,7%) são leves. Agora, o Estado totaliza 536.671 infectados desde o início da pandemia, sendo 48.535 graves e 488.136 leves, distribuídos por todos os 184 municípios, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

>> Pernambuco entra em nova fase de flexibilização a partir desta segunda-feira. Veja o que pode e o que não pode

Também foram confirmados laboratorialmente 38 novos óbitos, sendo 19 do sexo feminino e 19 do sexo masculino. As vítimas tinham idades entre 30 e 85 anos. O total de mortes provocadas pela doença chegou a 17.254.

Do total de vítimas, 29 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (15), diabetes (11), obesidade (8), hipertensão (8), doença renal (4), doença neurológica (1), doença de Parkinson (1) e hipotireoidismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Além disso, o boletim registra um total de 450.773 pacientes recuperados da doença. Destes, 27.542 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 423.231 eram casos leves.

Balanço da vacinação

Desde o início da vacinação Pernambuco aplicou 3.813.475 doses da vacina contra o novo coronavírus, totalizando 2.788.126 pernambucanos vacinados com a primeira dose e 1.025.349 completaram o esquema vacinal.

Veja a quantidade de pessoas vacinadas por categoria

Primeira dose: 301.429 trabalhadores de saúde; 26.073 povos indígenas aldeados; 43.305 em comunidades quilombolas; 7.700 idosos em Instituições de Longa Permanência; 659.401 idosos de 60 a 69 anos; 398.325 idosos de 70 a 79 anos; 202.863 idosos de 80 anos e mais; 1.554 pessoas com deficiência institucionalizadas; 17.964 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; 373.060 pessoas com comorbidades; 26.418 pessoas com deficiência permanente; 51.427 gestantes e puérperas; 89.745 pessoas de 40 a 49 anos; 343.656 pessoas de 50 a 59 anos; 852 pessoas em situação de rua, 666 pessoas privadas de liberdade; além de 243.688 trabalhadores de serviços essenciais.

Segunda dose:  217.684 trabalhadores de saúde; 25.702 povos indígenas aldeados; 2.934 em comunidades quilombolas; 5.760 idosos institucionalizados; 284.139 idosos de 60 a 69 anos; 325.822 idosos de 70 a 79 anos; 156.812 idosos de 80 anos e mais; 1.181 pessoas com deficiência institucionalizadas e 5.315 trabalhadores das forças de segurança e salvamento;

 

 

 

Além disso, o boletim registra um total de 450.773 pacientes recuperados da doença. Destes, 27.542 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 423.231 eram casos leves.

Comentários

Últimas notícias