COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Não voltaram: 20 milhões de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra covid-19 atrasada

Se essas pessoas tivessem completado o esquema vacinal, o Brasil já teria mais de 80% do público-alvo completamente imunizado contra a doença

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 22/10/2021 às 10:30
MYKE SENA/MS
"Vacinar os brasileiros é a saída para acabar com o caráter pandêmico desta doença", diz Marcelo Queiroga - FOTO: MYKE SENA/MS
Leitura:

Para garantir a máxima proteção contra a covid-19, tomar a segunda dose da vacina se faz extremamente necessária e indispensável. Mas dados do Ministério da Saúde apontam que mais de 20 milhões de brasileiros deixaram de voltar ao posto de vacinação para completar o esquema vacinal. Segundo a pasta, caso não houvesse descumprimento da recomendação, o Brasil já teria mais de 80% da público-alvo completamente vacinado contra a doença.

Leia também: Em spray nasal, vacina brasileira contra covid-19 entra com pedido à Anvisa para testes em humanos

Quem vai ao posto de vacinação tomar a primeira dose já sabe quando precisa retornar para completar o esquema vacinal. O Ministério da Saúde reforça a importância dessa ação dentro do intervalo recomendado para cada imunizante. Só assim as vacinas irão atingir a efetividade necessária contra a covid-19.

Leia também: "É um equívoco", diz secretário sobre intervalo de 21 dias para doses da Pfizer; Pernambuco mantém os 60 dias

O boletim epidemiológico divulgado pela pasta revela que a média móvel de óbitos registra uma queda de 87%, se comparada com o pico da pandemia. Para o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o Brasil assiste a um cenário pandêmico bem mais arrefecido do que foi visto em abril deste ano (quando a média móvel de mortes pela doença estava em 3 mil) por conta da ampla campanha de vacinação.

"Vacinar os brasileiros é a saída para acabar com o caráter pandêmico dessa doença. Não é à toa que vemos uma queda nos números de casos, óbitos e internações. Convidamos quem ainda não tomou a sua segunda dose que compareça a um posto de vacinação", diz o ministro. 

Até o momento, o Ministério da Saúde enviou aos Estados e ao Distrito Federal mais de 320 milhões de doses de vacina covid-19. Como resultado da campanha de vacinação, o Brasil chega a quase 95% do público-alvo vacinados com a primeira dose. Além disso, 69,9% completaram o esquema vacinal com as duas doses ou dose única do imunizante no braço. Vale lembrar que a pasta iniciou o reforço (ou terceira dose) na população: mais de 4,6 milhões receberam essa aplicação. 

Comentários

Últimas notícias