IMUNIZAÇÃO

Recife começa a vacinar crianças contra covid-19 neste sábado

Os primeiros vacinados serão meninas e meninas com doenças neurológicas crônicas e com distúrbios do desenvolvimento neurológico, com prioridade para síndrome de Down e autismo

JC
JC
Publicado em 14/01/2022 às 20:47
DANIEL TAVARES/PCR
Maria Antônia, de 11 anos, foi a primeira criança a ser vacinada contra covid no Estado - FOTO: DANIEL TAVARES/PCR
Leitura:

O Recife começa efetivamente neste sábado (15) a imunizar crianças de 5 a 11 anos contra covid-19, mediante agendamento. Os primeiros vacinados serão meninas e meninas com doenças neurológicas crônicas e/ou distúrbios do desenvolvimento neurológico, com prioridade para síndrome de Down e autismo. Inicialmente, a vacinação vai ocorrer em quatro endereços (a lista está no final da matéria).

O imunizante utilizado é o da Pfizer, o único aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) até agora para o público infantil. Não será exigida prescrição médica.  A vacina para as crianças será aplicada de domingo a domingo, das 7h30 às 18h30.

Para comprovar a condição de comorbidade, é obrigatório anexar, durante o agendamento, um laudo ou declaração informando a comorbidade. Nesse primeiro momento, será aceita - como documento comprobatório de comorbidade ou transtornos do desenvolvimento - uma declaração, em modelo fornecido pela Secretaria de Saúde do Recife (disponível no Conecta Recife), que deve ser preenchida e assinada por médico, ou laudo médico que contenha uma das comorbidades e/ou transtornos elencados com o respectivo CID (Classificação Internacional de Doenças) da doença/condição. Os documentos anexados no Conecta Recife também devem ser levados no dia agendado para vacinação. A declaração ou o laudo precisam ser originais e ficarão retidos no local. Apenas as crianças com síndrome de Down estão isentas da declaração, tendo em vista que a informação poderá ser autorreferida.

As primeiras doses da vacina da Pfizer chegaram nesta sexta-feira (14), e um ato simbólico naa Associação Afeto, na Encruzilhada, Zona Norte do Recife, marcou o inicio da campanha de imunização infantil no Estado. Maria Antônia de Oliveira, de 11 anos, que tem síndrome de Down, foi a primeira vacinada.

Depois de Maria Antônia, também foram vacinados: Laura Leite, de 9 anos, que tem síndrome de down; Bella Carvalho, 7 anos (síndrome de down); Luan Azevedo, 11 anos (paralisia cerebral); Arthur Melo, 8 anos (autismo); Lucas Silva, 8 anos (síndrome de down); e Rafaela Maia, 8 anos.

DANIEL TAVARES/PCR
Maria Antônia, de 11 anos, foi a primeira criança a ser vacinada contra covid no Estado - DANIEL TAVARES/PCR
DANIEL TAVARES/DIVULGAÇÃO PCR
Vacinação infantil contra covid-19 no Recife - DANIEL TAVARES/DIVULGAÇÃO PCR
DANIEL TAVARES/DIVULGAÇÃO PCR
Vacinação infantil contra covid-19 no Recife - DANIEL TAVARES/DIVULGAÇÃO PCR
DANIEL TAVARES/DIVULGAÇÃO PCR
João Campos, prefeito do Recife, dá início à vacinação infantil contra covid-19 no Recife - DANIEL TAVARES/DIVULGAÇÃO PCR
DANIEL TAVARES/DIVULGAÇÃO PCR
Vacinação infantil contra covid-19 no Recife - DANIEL TAVARES/DIVULGAÇÃO PCR

Locais de vacinação infantil no Recife

  • Centro UFPE (Cidade Universitária)
  • Centro Sest/Senat (Av. Beberibe)
  • Centro Universo (Av. Mascarenhas de Morais)
  • Centro Católica (Rua do Príncipe)

 

Comentários

Últimas notícias