COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

OSCAR 2022: saiba o que é alopecia, doença que motivou agressão de Will Smith a Chris Rock

Comediante Chris Rock fez uma piada sobre o cabelo de de Jada Smith, esposa do ator Will Smith que apresenta queda capilar

Cinthya Leite
Cadastrado por
Cinthya Leite
Publicado em 28/03/2022 às 11:38 | Atualizado em 28/03/2022 às 15:05
ROBYN BECK E ANGELA WEISS/AFP
Durante o Oscar 2022, o comediante Chris Rock fez uma piada sobre o cabelo de de Jada Smith, esposa do ator Will Smith que apresenta queda capilar - FOTO: ROBYN BECK E ANGELA WEISS/AFP
Leitura:

A cerimônia do Oscar 2022, que ocorreu no domingo (27), trouxe à tona um tema bastante debatido entre os dermatologistas: a alopecia, que pode ser androgenética e areata. Ambas as formas provocam a queda de cabelo. A androgenética, também chamada de calvície, é geneticamente determinada e é relativamente frequente na população. Homens e mulheres podem ser acometidos pelo problema. Já a alopecia areata é uma doença inflamatória com diversos fatores envolvidos no desenvolvimento, como a genética e a participação autoimune. 

O assunto ganhou destaque porque, durante o Oscar 2022, o comediante Chris Rock fez uma piada sobre o cabelo de de Jada Smith, esposa do ator Will Smith que apresenta queda capilar.

E Jada não está sozinha. De acordo com a American Hair Loss Association, as mulheres representam até 40% das pessoas que sofrem de queda de cabelo nos Estados Unidos.

EMMA MCINTYRE/GETTY IMAGES VIA AFP
Will Smith e Jada Pinkett Smith participam da 94ª edição do Oscar - EMMA MCINTYRE/GETTY IMAGES VIA AFP

Mas, afinal, o que pode causar a queda capilar em mulheres? "A genética, o estresse, dietas radicais e mudanças no estilo de vida podem interferir nos ciclos de crescimento do cabelo e, em alguns casos, a queda de cabelo pode, na verdade, funcionar como um sinal de alerta para problemas médicos latentes", explica a dermatologista Patrícia Mafra, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

A médica acrescenta que é importante estar atento ao que acontece com cabelo, pois a condição dos fios pode ser um indicativo de hormônios, da tireoide, do metabolismo e da saúde em geral. "Se alguém tem anemia por deficiência de ferro, por exemplo, uma de suas primeiras manifestações pode ser a perda de cabelo. Quanto mais cedo essas condições forem detectadas, melhor." 

A queda de cabelo não é algo para se esconder ou sentir vergonha, muito menos ser motivo de piadas, principalmente quando pode nos dar pistas sobre o que está acontecendo com nossa saúde e bem-estar. "Algumas mulheres podem nem estar cientes de seus problemas hormonais, como nas alterações da tireoide, até que vão ao dermatologista para tratar a queda de cabelo", diz Patrícia. 

Vale frisar que nem toda perda de cabelo tem a mesma aparência. Identificar o tipo de alopecia pode ajudar a chegar à raiz do problema. "A causa mais comum de queda de cabelo, conhecida como calvície de padrão masculino ou calvície de padrão feminino, é hereditária e geralmente ocorre gradualmente à medida que se envelhece. Pode-se notar entradas crescentes, cabelo ralo ou manchas calvas. Se for percebido afinamento nas têmporas e na linha do cabelo, é um sinal de que o folículo está afetado. Nesse caso, é hora de consultar um dermatologista que possa fazer a triagem de quaisquer problemas subjacentes, como deficiência de ferro ou desequilíbrios hormonais", explica a dermatologista.

Por outro lado, se a queda de cabelo for lenta e gradual, com presença de histórico familiar do problema, pode-se supor que seja uma queda de cabelo de padrão feminino. "Se for repentina e acentuada, começar alguns meses após a gravidez, então é justo supor que se trata de um eflúvio telógeno devido à gravidez", diz Patrícia. O eflúvio telógeno é uma condição em que ocorre queda acentuada e repentina dos fios após situações como parto ou cirurgia, ou em momentos de estresse físico e psicológico, dietas, infecções e doenças. Um dermatologista pode examinar o couro cabeludo, fazer exames de sangue e conversar sobre os sintomas.

Comentários

Últimas notícias