COVID-19

Após festas de São João, Pernambuco registra 3.421 casos de covid-19

Também estão sendo contabilizados cinco óbitos, que foram ocorridos entre 20 de maio de 2021 e 28 de junho de 2022

Bruno Vinicius
Cadastrado por
Bruno Vinicius
Publicado em 29/06/2022 às 17:27 | Atualizado em 30/06/2022 às 18:15
DAY SANTOS / JC IMAGEM
Desde que foi inaugurado, em 29 de dezembro, novo ponto de testagem na área externa antiga Fusam recebe cerca de 150 pessoas por dia com sintomas gripais ou que tiveram contato com pessoas que testaram positivo para covid-19. - FOTO: DAY SANTOS / JC IMAGEM
Leitura:

Pernambuco voltou a registrar mais de 3 mil casos diários por covid-19. Segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o Estado registrou, nesta quarta-feira (29/06), 3.421 casos da doença.  Os números vêm logo após as festividades de São João, poucos dias depois do feriado prolongado do último dia 24.

 

Também estão sendo contabilizados cinco óbitos, que foram ocorridos entre 20 de maio de 2021 e 28 de junho de 2022.

De acordo com o boletim, apenas 24 (0,7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e outros 3.397 (99,3%) são leves. Agora, Pernambuco já totaliza 972.784 casos confirmados da doença, sendo 58.841 graves e 913.943 leves.

Não vacinados entre os casos mais graves de covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) emitiu nessa segunda-feira (27) que dentre oito óbitos confirmados entre o fim de maio e início de junho deste ano, apenas dois pacientes tinham o esquema vacinal completo - embora, do total, seis já tivessem mais de 60 anos. Já em relação às hospitalizações, dos 87 pacientes, 63 deles (73%) não estavam com vacinação em dia - no referido período.

O levantamento também revelou que dos pacientes que evoluíram para óbito, um (12,5%) tinha apenas uma dose da vacina; dois (25%) estavam apenas com o esquema básico (duas doses); três (37,5%) tinham três doses da vacina e apenas dois (25%) tinham as quatro doses.

Vacinação contra covid-19 em Pernambuco

Pernambuco enfrenta um avanço no registro de casos de covid-19, após meses com indicadores em baixa. A melhor maneira de se proteger da forma mais grave da doença é mantendo em dia a imunização, que já chega a sua quarta dose (segunda dose de reforço).

No dia 20 de junho, o Estado anunciou a liberação da quarta dose da vacina para pessoas acima dos 40 anos.

No Recife, os pontos de vacinação foram ampliados, e é possível se imunizar sem agendamento nas Unidades de Saúde da Família. Confira onde se vacinar contra a covid-19.

Comentários

Últimas notícias