AVIAÇÃO INTERNACIONAL

TAP anuncia volta dos voos no Aeroporto do Recife em 2 de agosto

Retomada faz parte do plano da companhia de recuperar 40% de sua operação normal pré-pandemia até setembro. No Brasil, estão previstas 18 frequências no próximo mês

Mona Lisa Dourado
Mona Lisa Dourado
Publicado em 27/07/2020 às 12:26
Notícia
EDMAR MELO/ACERVO JC IMAGEM
Recife terá duas frequências semanais da companhia em agosto e três em setembro - FOTO: EDMAR MELO/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Conteúdo atualizado às 20h30 do dia 27 de julho de 2020

A companhia aérea portuguesa TAP anunciou oficialmente na manhã desta segunda-feira (27) a retomada de 40% de sua operação normal pré-pandemia entre agosto e setembro: serão 66 rotas no próximo mês e 76 no seguinte.

Com isso, o Aeroporto do Recife terá duas frequências semanais a partir do dia 2 de agosto, entre as 18 previstas para o Brasil.

A partida para Lisboa ocorre às terças e domingos, às 21h05. Da capital portuguesa, os voos saem aos domingos e sextas, às 23h30.

Para setembro, a previsão é que o Recife passe a contar com três frequências semanais, das 22 planejadas para o País.

>> Air Europa retoma voo Recife-Madri em 1º de novembro e permite acúmulo de milhas no Smiles

>> Quarentena aumentou a vontade de viajar. Recife e Porto de Galinhas despontam

>> Oferta de voos quase dobra no Aeroporto do Recife em julho; Azul estreia rota para o Santos Dumont (RJ)

 

Mona Lisa Dourado/Especial para JC
Voos serão operados em aeronaves A330-900neo - Mona Lisa Dourado/Especial para JC

Todas as viagens ocorrem em aeronaves modelo Airbus A330-900neo, com capacidade para 298 passageiros.

No site da companhia, já é possível encontrar bilhetes a partir de R$ 3.568 para um voo de ida e volta na primeira semana de agosto.

Além dos voos da capital pernambucana para Lisboa, em agosto também estão programados outros sete de Guarulhos, três do Galeão (RJ), dois de Fortaleza e dois de Confins (Belo Horizonte). A empresa ainda restabelecerá a rota Porto-Galeão, com um voo semanal. No mês seguinte, somam-se duas frequências de Brasília e duas de Salvador para Lisboa.

Antes da covid-19, a TAP chegou a operar 11 frequências semanais no Recife e 80 em todo o Brasil.

A concretização dos planos de retomada depende, ainda, da retirada de restrições da União Europeia e do governo brasileiro.

Até o fim de julho, a companhia só está operando quatro frequências semanais a partir de São Paulo e duas do Rio de Janeiro.

Por enquanto, a Portaria Interministerial N° 340 de 30 de junho de 2020 prevê a entrada de pessoas vindas de países estrangeiros exclusivamente pelos Aeroportos de Guarulhos (SP), Galeão (RJ), Viracopos (SP) e Brasília (DF).

Será preciso a alteração ou revogação da portaria para que o Aeroporto do Recife possa voltar a contar com as rotas internacionais. Até março, a capital pernambucana tinha ligações diretas com 12 destinos no exterior. Administradora do terminal, a Aena Brasil afirma, via nota enviada à coluna na noite desta segunda-feira (27), que está pronta para receber operações internacionais assim que as restrições forem suspensas. "A companhia já conta, inclusive, com a avaliação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o cumprimento dos protocolos internacionais", diz o documento. 

Do outro lado do Atlântico, o Brasil ainda faz parte do grupo de países com proibição de entrada na União Europeia. A lista, no entanto, será revista nesta semana.

Mona Lisa Dourado/JC
Capacidade das aeronaves é de 298 passageiros - Mona Lisa Dourado/JC

Em função dessas negociações, a TAP esclarece que a previsão de retorno das linhas no País está sujeita a alterações. "A lista de rotas e voos poderá ser ajustada sempre que as circunstâncias o exijam, face à dinâmica da evolução das imposições e restrições dos vários países, em virtude da evolução da pandemia, bem como da evolução da procura", afirma a companhia em nota.

A TAP também pontua que ajustou as rotinas e implementou novos e reforçados procedimentos, "garantindo a todos os passageiros um ambiente Clean & Safe em todas as fases da viagem".

No intuito de proporcionar mais segurança ao passageiro que já quiser garantir os bilhetes, a empresa decidiu ampliar a campanha Reserve com Confiança até 31 de agosto. Dessa forma, é possível fazer uma alteração na reserva sem custo extra. Mais informações sobre rotas e voos em operação e sobre as condições e promoções podem ser consultadas com mais detalhes no site da companhia. 

Mona Lisa Dourado/JC
Bilhetes de ida e volta podem ser encontrados a partir de R$ 3.568 - Mona Lisa Dourado/JC

AMPLIAÇÃO GLOBAL

Assim como os 18 voos semanais para o Brasil em agosto, a TAP também passará a ter 20 voos para seis destinos na América do Norte, 44 para 9 destinos na África, 329 para 30 cidades na Europa e 126 voos para seis aeroportos nacionais.

A cidade do Porto, no norte de Portugal, passa a contar, em agosto, com ligações a Ponta Delgada, Rio de Janeiro, Newark, Londres, Milão e Zurique, que se juntam às ligações a Paris, Luxemburgo e ao Funchal repostas em julho. Em setembro, inicia-se a rota Porto-Amsterdã.

Em setembro, a TAP repõe de forma mais significativa a sua operação, chegando a 40% do que era a sua oferta normal no período pré-covid. Serão 22 voos por semana para o Brasil, 30 voos em oito rotas na América do Norte, 59 voos para 13 cidades da África e no Oriente Médio, 498 voos para 35 cidades europeias e 159 voos entre seis cidades de Portugal.

Comentários

Últimas notícias