CORES E SABORES

Embarque em um passeio de buggy até as falésias da Praia do Gunga

A praia fica localizada no município de roteiro, em Aagoas, a 43 quilômetros da capital Maceió.

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 13/10/2021 às 14:00
Notícia
Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
As falésias da Praia do Gunga formam uma das paisagens mais conhecidas de Alagoas. - FOTO: Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Leitura:

De um lado lagoa, do outro mar, no meio milhares de coqueiros e bem perto falésias coloridas. Tinha como dar errado essa mistura? A Praia do Gunga, em Alagoas, é literalmente uma bela resposta. Fica localizada em um município cujo nome já é uma dica de onde ela deve ser incluída: Roteiro. Tanto que ela foi um dos roteiros indicados no programa “Cores e Sabores – Orgulho de ser nordestino”, exibido no último sábado, na TV Jornal (OBS: A reportagem foi gravada antes da pandemia).

Você com certeza deve colocar o local na sua programação em Alagoas já que é um dos seus principais cartões postais. Ele fica localizado a apenas 43 km da capital Maceió e o acesso pode ser feito de carro ou de lancha, a partir da vizinha Barra de São Miguel. Ao chegar na Praia do Gunga é amor à primeira vista com a visão panorâmica de um litoral que parece ter sido desenhado. E foi. Os ventos esculpiram as falésias e as águas rascunharam a faixa de areia. Um belo trabalho da natureza. “A Praia do Gunga sempre aparece nas melhores avaliações e nos rankings feitos entre as dez melhores do Brasil. Quando se chega aqui e se depara com tanta beleza é fácil descobrir a razão”, disse o guia Rondinele Costa.

A primeira parada na Praia do Gunga é quase que obrigatória. Antes de aproveitar a Praia do Gunga se permita admirá-la por completo em uma visão panorâmica de tirar o fôlego e encher os olhos. Logo na beira da rodovia AL-101, bem ao lado da entrada principal da praia, fica o famoso Mirante do Gunga com seus 35 metros de altura e incalculável encanto. Para ter acesso se paga uma (justa) taxa de apenas R$ 3.

Depois de subir as escadas em formato de caracol se chega até uma pequena cobertura onde se tem uma grande vista de 360 graus da região. Uma paisagem que exibe um deslumbrante encontro de dois mares: o azul das águas cristalinas e o verde das dezenas de milhares de coqueiros. A qualquer hora a visão é estonteante, mas se possível suba logo no começo da manhã antes do passeio ou depois dele ao entardecer para ser surpreendido ainda mais por ela. Local perfeito para tirar fotos e registrar como a natureza foi bem generosa no local.

As falésias são indiscutivelmente um dos diferenciais da Praia do Gunga. Não só pela beleza, mas também por como fazer para chegar até lá. Poder admirar grandes paredões coloridos de terra é bom. Sentir a adrenalina de pegar um buggy ou quadriciclo para ter acesso a eles é melhor ainda. Ambos os transportes custam em média R$50 por pessoa e podem ser pegos perto da entrada da praia, ao lado da área dos quiosques. O trajeto até as falésias é bem curto e feito em cerca de 15 minutos, mas garante uma certa emoção no caminho por entre os coqueiros. No caso da opção pelo quadriciclo, a adrenalina é maior ainda visto que você é quem o conduz.

Seja de que forma for quando se chega nas falésias a impressão é a de se invadir um quadro. O detalhe é que ele está sendo pintado em tempo real o tempo todo com a ação do vento. Vale a pena subir nas escarpas e registrar a beleza da paisagem. Foi o que fez a enfermeira Monique Valtrick, de Caxias do Sul. “A experiência é fantástica. A impressão é de que os olhos não conseguem dar conta de tanta beleza. Com certeza vamos voltar outras vezes”, disse.

Comentários

Últimas notícias