Dicas e informações de viagens, férias e turismo
Turismo de Valor

Descubra dicas de viagem e roteiros para as férias, além dos destinos e atrações que estão em alta no turismo.

ISRAEL

Israel anuncia que vai suspender a proibição de viagens a EUA e Reino Unido

O ministério da Saúde de Israel afirmou os Estados Unidos e outros países serão retirados da "lista vermelha" de destinos proibidos, apesar do aumento dos contágios pela ômicron

AFP Leonardo Vasconcelos
Cadastrado por
AFP
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 06/01/2022 às 16:57 | Atualizado em 06/01/2022 às 17:02
Emil SALMAN / POOL / AFP
Estados Unidos e vários outros países foram retirados da "lista vermelha" de destinos proibidos por Israel, apesar do aumento de contágio da ômicron - FOTO: Emil SALMAN / POOL / AFP
Leitura:

Apesar do aumento dos contágios pela variante ômicron, o ministério da Saúde de Israel afirmou nesta quinta-feira (6) que vários países, entre eles os Estados Unidos, serão retirados da "lista vermelha" de destinos proibidos por causa da covid-19. 

"O ministério da Saúde recomenda ao governo que elimine todos os países da lista vermelha", disse em um comunicado. A decisão entra em vigor nesta quinta-feira, segundo o ministério, acrescentando que está "sujeita à aprovação do governo".

A medida foi adotada "à luz da proporção de infecções de quem entra em Israel em relação à proporção da propagação comunitária", informou o ministério. Além dos Estados Unidos, Reino Unido, Emirados Árabes Unidos, Etiópia, Tanzânia, México, Suíça e Turquia serão retirados da lista de destinos proibidos.

No mês passado, Israel proibiu viajar a destinos "vermelhos" em um esforço para frear o aumento de casos impulsionado pela ômicron. Esta proibição seguiu uma medida adotada no fim de novembro, que bloqueava a entrada de todos os turistas estrangeiros. Esta semana, Israel anunciou que os visitantes vacinados procedentes de países de baixo risco poderiam entrar no país.

 

 

 

Últimas notícias