Saiba o que o sal em excesso causa no organismo

Publicado em 11/09/2017 às 14:36
OMS recomenda que sejam ingeridas 5 gramas de sal por dia. Foto: Divulgação
FOTO: OMS recomenda que sejam ingeridas 5 gramas de sal por dia. Foto: Divulgação
Leitura:
OMS recomenda que sejam ingeridas menos de 5 gramas de sal por dia. Foto: Divulgação   Todo mundo sabe que consumir altas quantidades de sódio não faz bem à saúde. Mas o que de fato acontece com o corpo quando se comer muito sal ainda é algo que as pessoas precisam entender. A maioria da população acha que esse excesso está condicionado apenas ao aumento da pressão arterial. Pois esse é apenas um dos malefícios do exagero.  Além disso, promove a vasoconstrição (diminuição do diâmetro) de veias e artérias, o que contribui ao desenvolvimento de doenças cardíacas e renais. Para desespero das mulheres, o consumo exagerado de sal também gera a impopular retenção de líquido. O inchaço provocado por esse quadro costuma provocar o ganho de centímetros extras  na silhueta. Se o inchaço (geralmente nas pernas, tornozelos e mãos) for acompanhado de falta de ar, dores ao caminhar, pressão alta e retenção urinária, um médico deverá ser procurado. Sob a orientação médica, pode ser mais fácil passar a ingerir a quantidade ideal de sódio por dia. O sal deve ser usado, apenas, para dar sabor à comida.  De acordo com a nova recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), diariamente, deve-se ingerir menos que 5 gramas de sal. Isso equivale a menos de uma colher de chá rasa ou cinco pacotinhos servidos em restaurantes, já que cada um contém 1 grama. ALIMENTAÇÃO Pães e queijos costumam ter alto valor de sódio. Foto: Divulgação   Pães, queijos embutidos e enlatados são alimentos que, geralmente, contêm alto teor de sódio, motivo pelo qual é recomendado retirá-los das refeições. Mesmo os doces industrializados podem exceder os níveis indicados. Manter o saleiro na mesa onde se come é outra atitude contraindicada no combate ao consumo exagerado do mineral. O que faz bem ao corpo é incluir alimentos naturais na dieta. Hortaliças, frutas e carnes magras são bem-vindas no prato. Se as escolhidas forem banana, uva, melancia, laranja e cebola, há um ganho a mais: elas possuem propriedades capazes de eliminar o sódio excedente do organismo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias