Pandemia

Lollapalooza Brasil adia festival para dezembro devido ao coronavírus

Os headliners Guns N’ Roses, The Strokes e Travis Scott seguem confirmados para as três datas remarcadas

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 13/03/2020 às 18:03
Notícia
Foto: Instagram/@lollapaloozabr/Reprodução
Os ingressos da edição 2020 seguirão válidos para o evento - FOTO: Foto: Instagram/@lollapaloozabr/Reprodução
Leitura:

O Lollapalooza Brasil, marcado para os dias 3, 4 e 5 de abril no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, anunciou nesta sexta-feira (13) o adiamento do evento para o final de 2020 em virtude da pandemia do coronavírus. O festival agora foi remarcado para os dias 4, 5 e 6 de dezembro.

>> Por causa de coronavírus, Gilberto Gil vai até a Dinamarca e volta sem fazer shows

>> Assim como Gabriela Pugliesi, veja outros famosos que contraíram coronavírus

>> Coronavírus: os impactos da pandemia no cinema e na música

"A saúde e a segurança de nossos fãs, artistas, funcionários, parceiros e comunidades são a nossa prioridade", disse o Lollapalooza nas redes sociais do evento, que também confirmou a manutenção de seus headliners: "Guns N’ Roses, The Strokes e Travis Scott estão confirmados para as três datas remarcadas".

O festival também assegurou que todos os ingressos comprados para as datas originais serão válidos nas datas remarcadas. As informações mais detalhadas serão enviadas aos titulares de ingressos e também estarão disponíveis em breve no site do Lollapalooza Brasil, inclusive sobre a política de reembolsos dos ingressos caso não possa comparecer às novas datas.

A programação para abril ainda contava com Lana Del Rey, Gwen Stefani, entre outros. O Lollapalooza do Chile e da Argentina também anunciaram o adiamento devido à pandemia.

VEJA O POST DO LOLLAPALOOZA:

Comentários

Últimas notícias