Escalado

Prestes a ser demitido, Stênio Garcia é salvo por Gloria Perez

O ator Stênio Garcia recebeu um aviso da TV Globo de que teria seu contrato rompido caso não estivesse reservado por algum autor ou diretor para algum projeto

Rostand Tiago
Rostand Tiago
Publicado em 20/03/2020 às 9:25
Notícia
TV GLOBO/DIVULGAÇÃO
O ATOR STÊNIO GARCIA ESTAVA COM SEU CONTRATO AMEAÇADO COM A TV GLOBO - FOTO: TV GLOBO/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Com seu contrato de mais de 40 anos com a Globo prestes a ser rompido, o ator Stênio Garcia, 88, foi salvo pela autora Gloria Perez. Ele recebeu um aviso da emissora, avisando que se não fosse reservado por algum autor ou diretor até 30 de março, estaria fora do quadro de atores contratados. Em entrevista ao Notícias da TV, o ator relata ter ligado para Perez e conseguido a escalação para um projeto previsto para 2021. Após a pandemia do novo coronavírus, os dois devem se encontrar presencialmente para acertar os detalhes. Eles já trabalharam juntos em títulos de sucesso, como Caminho das Índias e Salve Jorge.

Leia também: Marcelo Magno, apresentador interino do 'Jornal Nacional', é diagnosticado com coronavírus
Manuela Dias celebra os 100 capítulos de 'Amor de Mãe'
Coronavírus: Record TV altera programação e suspende gravações de novelas no Rio

O aviso já foi passado ao departamento de Recursos Humanos da Globo. "Ele não podem reclamar que o trabalho é só para 2021. Ele teria que estar com algo em vista, ou seja, já está", declarou Marilene Saade, esposa do ator. Seu último envolvimento com uma produção da casa foi o seriado As Filhas de Eva, gravado entre novembro de 2019 e fevereiro passado, sem previsão de data para estrear. Garcia e Saade passam a quarentena no sítio do casal, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

HISTÓRIA

Stênio começou sua carreira no teatro, formado pelo Conservatório Nacional de Teatro. Sua trajetória nos palcos foi premiada durante a década de 1960, trabalhando com nomes como Ademar Guerra, Flávio Rangel e Antunes Filho. Ainda nessa década, começa a trabalhar na televisão, estreando no seriado O Vigilante Rodoviário, da TV Tupi. Após papéis em novelas das TVs Excelsior e Tupo, começa, em 1973, sua trajetória na TV Globo, integrando o elenco da novela Cavalo de Aço.

De lá para cá, passou por diversos projetos na casa, como Gabriela, Saramandaia, Selva de Pedra. Em 1979, dá vida ao um personagem que marcaria sua trajetória, o caminhoneiro Bino, de Carga Pesada. O projeto foi exibido entre 1979 e 1981, ganhando um revival de sucesso em 2003, perdurando até 2007. Ao lado de Antônio Fagundes (Pedro), Bino viveu as mais diversas aventuras pelas estradas do Brasil.

Comentários

Últimas notícias