Gospel

Ana Paula Valadão reflete sobre a quarentena: 'Creio que o Senhor não perde o controle'

Líder do Diante do Trono e pastora conversou com o JC a respeito do período de pandemia da Covid-19

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 20/04/2020 às 14:42
AGÊNCIA SALT/DIVULGAÇÃO
Ana Paula Valadão Bessa é pastora e líder do Ministério de Louvor Diante do Trono. - FOTO: AGÊNCIA SALT/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Enquanto a pandemia causada pelo novo coronavírus vem forçando as pessoas a enfrentarem um isolamento social por tempo indeterminado, muitos tem procurado na música um ponto de refúgio. Entre os gêneros mais ouvidos nas plataformas digitais e nas inúmeras lives de artistas, a música gospel também tem sido um lugar de conforto em horas tão difíceis. E dentro dessa esfera cristã, um dos nomes mais procurados e lembrados no Brasil é o da mineira Ana Paula Valadão Bessa, cantora, pastora e líder do Ministério de Louvor Diante do Trono, de 43 anos.

>> "Deus não nos deu uma mente desequilibrada", diz Ana Paula Valadão

>> Diante do Trono volta às origens para conceber o disco 'Outra Vez'

>> Ana Paula Valadão Bessa celebra 20 anos de Diante do Trono

Com 22 anos de carreira à frente do grupo nascido na Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, o Jornal do Commercio conseguiu falar com a vocalista, que fez uma reflexão a respeito desse momento de atenção e reclusão. Hoje morando com a família no sul da Flórida, nos Estados Unidos, onde também lidera junto com o marido e pastor Gustavo Bessa a Before The Throne Church, ela explica porque a música gospel tem sido tão buscada nesse período complexo: “Nossas canções são orações cantadas e, por isso, expressam o que as pessoas gostariam de dizer para Deus, mas muitas vezes não sabem como. Os dias atuais têm sido tão desafiadores, que talvez a angústia e o desespero estejam falando mais alto no coração de muitos. É aí, porém, que a música cheia da Verdade de Jesus vem trazer paz, consolo e alegria”.

Seja nas plataformas digitais ou nas lives feitas por artistas seculares e cristãos, Ana Paula conta que também tem buscado se adaptar a esse novo momento de levar a música ao público através de Instagram e YouTube. “É tudo novo para todos nós! É um período de adaptação e aprendizado, mas posso dizer que estou feliz e grata ao Senhor pela tecnologia, já que ela possibilita que a gente continue em contato para abençoar e ser abençoado! Tenho feito lives diárias compartilhando o que o Pai fala comigo nesse período e estou amando”, conta a pastora que, em breve, pretende marcar uma “Live DT” especial para cantar apenas as “Canções Inesquecíveis” do Ministério nessas duas décadas de estrada.

Em pleno processo de divulgação do disco Outra Vez, o 19º álbum ao vivo da série Diante do Trono, que teve uma versão deluxe lançada em março nas plataformas digitais, Ana Paula Valadão refletiu sobre as consequências diretas da pandemia da Covid-19 nas atividades do grupo: “Alguns planos foram adiados, como o Congresso DT, por exemplo, que aconteceria agora na Páscoa [e foi remarcado para Dezembro]. Eu creio, entretanto, que o Senhor não perde o controle! Essa situação cumprirá um propósito de Deus em todos nós e, sem dúvida, tudo o que foi remarcado será realizado no dia e horário que a agenda do Céu já havia determinado”.

MENSAGEM

Responsável por levar a palavra de Deus a milhares de pessoas, seja através da música ou de suas pregações, Ana Paula Valadão Bessa deixou uma mensagem de fé para o público brasileiro: “O Brasil é uma peça fundamental para o que Deus está fazendo em toda a Terra. Homens e mulheres têm chorado e clamado há anos pela nossa nação e eu creio que neste tempo os frutos dessa intercessão estão surgindo. Vamos experimentar o cuidado do Senhor nas pequenas e nas grandes coisas, para que cada brasileiro atravesse essa crise e chegue do outro lado consciente de que foi o Senhor quem nos livrou para o cumprimento das Suas promessas, em nome de Jesus”.

Comentários

Últimas notícias