Quarentena

Sandy e Junior cumprem missão em live que uniu nostalgia e empatia

Irmãos voltaram a se reunir nesta terça-feira (21) após a turnê comemorativa 'Nossa História' em um show solidário

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 21/04/2020 às 18:52
Notícia
TWITTER/REPRODUÇÃO
Sandy e Junior ficaram ao vivo por mais de 2h30 nesta terça-feira (21). - FOTO: TWITTER/REPRODUÇÃO
Leitura:

Pontualmente às 20h, a dupla Sandy e Junior entrou de mansinho em seu canal no YouTube nesta terça-feira (21) para começar sua live solidária que, antes mesmo de entrar no ar, já tinha quase 800 mil pessoas no aguardo. Não Dá Pra Não Pensar abriu a transmissão que, cumprindo o anunciado na sexta-feira (17), foi um show bem intimista, de poucos instrumentos, num clima mais próximo do Acústico MTV da dupla em 2007 do que do megashow comemorativo Nossa História, que rodou o Brasil em 2019.

>> Sandy e Junior anunciam live solidária

>> 20 anos de 'As Quatro Estações': o icônico disco de Sandy e Junior

>> 'Nossa História': Sandy e Junior entregam show impecável e nostálgico no Recife

Após a abertura, os irmãos saudaram o público de casa e contaram um pouco da iniciativa “improvisada” por eles. No estúdio da casa de Sandy em Campinas, São Paulo, a cantora esclareceu que além do irmão Junior Lima, o marido Lucas Lima fechava a “banda de três”. Nos bastidores, Monica Benini, esposa de Junior, Xororó como “roadie” e João Milliet na mixagem de som, que já participou dos shows solo de Sandy. A live seguiu com sucessos como Eu Acho Que Pirei e As Quatro Estações.

Nos primeiros 20 minutos da live, a dupla leu comentários das milhares de pessoas do Brasil e de outras partes do mundo. E foi um fã que fez o trio de músicos quebrar o protocolo e improvisar o refrão do lado B A Estrela Que Mais Brilhar antes do megahit Estranho Jeito de Amar.

Sandy e Junior faziam questão, entre uma música e outra, de frisar o pedido de doações. E logo foram atendidos: em 30 minutos de live, já haviam arrecadado mais de 20 toneladas. Minutos depois, com mais de 2 milhões de espectadores, seguiam o show com Olha o Que o Amor Me Faz.

Ao fim do hit composto por ela e Feio, Sandy agradeceu ao cantor Dilsinho, que mudou a data de sua live para não conflitar com a dos irmãos. Em seguida, a dupla emendou com Nada é Por Acaso.

Entre uma conversa e outra da dupla, e boas e divertidas intervenções de Lucas Lima, em 40 minutos, a dupla já havia arrecadado mais 60 toneladas de alimentos. Ao tentar ler os inúmeros comentários, Sandy conseguiu até notar a presença de um fã pernambucano na live.

O lado de improviso e de pouco ensaio se revelou em Imortal, quando Sandy errou um dos versos na música, e mesmo assim, seguiu normalmente. Os irmãos também comentaram o quanto a live foi mais uma oportunidade de uni-los após o fim da turnê comemorativa e falaram do DVD e a série da dupla que serão lançados em breve.

Nos momentos finais, o pai Xororó entrou para cantar Evidências, e acidentalmente (ou coincidentemente, por ser uma das músicas mais adoradas do cancioneiro popular brasileiro) a live caiu por uns instantes. Mas o público não arredou pé e ficou até o final até as derradeiras e esperadas Quando Você Passa (Turu Turu) e Vâmo Pulá!, responsável pelo grand finale.

NÚMEROS

Entre trechos e músicas inteiras, Sandy e Junior cantaram mais de 30 sucessos. E o público fiel de 30 anos de carreira dos irmãos também não fez feio. Foram mais de 2,6 milhões de acessos simultâneos (o recorde é de Marília Mendonça, com 3,2 milhões) e mais de 14 milhões de visualizações. E o principal, mais de 1.000 toneladas de alimento foram arrecadados através das doações durante a transmissão ao vivo, que durou aproximadamente 2 horas e 40 minutos, sem precisar ostentar uma superprodução.

Num grande misto de nostalgia e solidariedade, a live de Sandy e Junior só reforçou o peso e a influência que eles ainda tem como dupla, ainda que não haja mais retorno a priori e essa ação, como fizeram questão de frisar, foi improvisada devido à urgência do momento. Mas ao propagar e reforçar mensagens positivas, de empatia, sobre esse difícil período de quarentena - "Eu amo muito esse Brasil, vâmo cuidar dele?", como bem disse Sandy ao final - junto à aura familiar característica dos irmãos, eles cumpriram seu papel em educar o público e fizeram a diferença usando suas melhores armas: suas vozes, o carisma, o arrebatador repertório e seus talentos como artistas.

REVEJA A LIVE:

 

RESPONDA AO QUIZ:

Comentários

Últimas notícias