Televisão

Atriz fala sobre viver Mirtes, mãe de Miguel, na Globo: 'Doloroso, mas necessário'

Tatiana Tibúrcio dará voz a pernambucana no especial 'Falas Negras', que vai ao ar na próxima sexta-feira (20)

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 18/11/2020 às 21:15
Notícia

VICTOR POLLAK/TV GLOBO
Tatiana Tibúrcio interpreta Mirtes Renata, mãe do menino Miguel, no especial 'Falas Negras' - FOTO: VICTOR POLLAK/TV GLOBO
Leitura:

A TV Globo exibe nesta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, o especial Falas Negras. O programa, que vai ao ar logo após a novela A Força do Querer, vai contar a história de 22 personalidades negras, antigas e atuais, para contar suas trajetórias de luta e resistência. Entre elas, estará a atriz carioca Tatiana Tibúrcio, de 43 anos, que vai dar vida à pernambucana Mirtes Souza, a mãe do menino Miguel Otávio, que morreu após cair de um prédio de luxo no Recife, em junho deste ano.

>> Entrevista: Manuela Dias celebra os 100 capítulos de 'Amor de Mãe'

>> Sucesso de Gloria Perez, 'A Força do Querer' reestreia na Globo

>> Caso Miguel: Sérgio Hacker pede desculpas e diz que foi 'equívoco' convocar padre Arlindo como testemunha

À Comunicação da Globo, Tatiana falou sobre a experiência de viver a Mirtes: "Foi doloroso, mas necessário. Eu não enxergo essas palavras como um texto, eu enxergo como um grito, um brado, um apelo. O desabafo de toda mãe negra brasileira. Digo isso pelas particularidades do racismo no nosso País. Essa fala da Mirtes, de alguma maneira, é a minha fala também, é o medo de todas nós, concretizados na vida dessa mulher. Dizer aquelas palavras foi muito difícil, doeu porque elas estão concretizadas num lugar de muita proximidade".

A atriz também relatou a empatia e a sua proximidade com a mãe de Miguel. "Como mãe de um menino negro, eu entendo, eu sinto a dor dessa mulher no detalhe onde ela reside. Quando uma mãe preta perde um filho, ela perde quase tudo porque não tem muito mais. Toda mãe tem medo de perder seu filho para um acidente, uma doença, uma fatalidade, a mãe preta tem medo de perder seu filho por todos esses motivos e também pelo racismo. E foi dessa forma que a Mirtes perdeu o filho dela. Não foi um acidente, quem matou o filho dela foi a indiferença, oriunda do racismo", declara Tatiana.

O programa Falas Negras é idealizado e organizado por Manuela Dias - a autora da novela Amor de Mãe - com direção de Lázaro Ramos. E Tatiana Tibúrcio falou sobre ser dirigida pelo ator e também ser a preparadora de elenco do especial: "Foi uma honra e um enorme prazer. Principalmente, por estar de novo com Lázaro, que é meu parceiro, meu amigo, com quem eu adoro trabalhar junto, porque a gente se entende, na forma como a gente vê um trabalho. Claro que a gente discorda, mas a gente se completa em muitas coisas. Tentei traduzir para os atores o desejo do diretor e conduzi-los da melhor maneira possível. A ideia era ajudar o ator a tirar de si os passos necessários para seguir seu caminho. É um processo delicioso. É como se eu tivesse construindo cada personagem junto daquele ator também".

Além de Tatiana, Falas Negras ainda tem em seu elenco nomes como Fabricio Boliveira, Babu Santana, Tais Araújo, Izak Dahora, Silvio Guindane, Flávio Bauraqui, Bukassa Kabengele e Aílton Graça.

VEJA A CHAMADA DE 'FALAS NEGRAS':

Comentários

Últimas notícias