Música

Show de Amy Winehouse no Recife completa dez anos; relembre detalhes da apresentação

Cantora britânica faleceu cerca de seis meses após cantar na capital pernambucana

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 13/01/2021 às 8:45
Notícia
Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Amy Winehouse, um dos maiores talentos da música internacional, se apresentou no Recife em 13 de janeiro de 2011 - FOTO: Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Leitura:

O dia 13 de janeiro de 2011 ficou marcado na memória de quem foi ao Centro de Convenções, na divisa entre o Recife e Olinda. Ali, Amy Winehouse, considerada uma das maiores vozes da música internacional, se apresentava pela primeira e última vez em Pernambuco. Principal atração do Summer Soul Festival, que contou ainda com a então iniciante Janelle Monae e com o cantor Mayer Hawthorne, a diva britânica apresentou seus maiores sucessos para uma plateia entusiasmada de fãs.

Quando a vinda de Amy Winehouse ao Brasil foi anunciada, a animação do público em ver de perto uma apresentação da ganhadora do Grammy estava misturada com o receio por sua saúde por conta da longa e documentada batalha da artista com seu vício em drogas. Vários registros de apresentações nos anos anteriores mostravam Amy debilitada, muitas vezes sem condições de prosseguir os shows. Pelo menos desde 2008, ela já vinha tentando cuidar da saúde, internando-se em clínicas de reabilitação.

Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Um dos destaques do show de Amy Winehouse no Recife foi a sua afiada banda - Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Foto: Heudes Régis/JC Imagem
A saúde de Amy Winehouse já parecia debilitada quando ela se apresentou no Recife - Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Além de Amy Winehouse, noite contou com shows de Janelle Monae e Mayer Hawthrone - Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Show de Amy Winehouse no Recife reuniu cerca de 12 mil fãs - Foto: Heudes Régis/JC Imagem
NE10
Ao longo de sua carreira, Amy Winehouse vendeu mais de 20 milhões de álbuns - NE10
Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Público recifense cantou junto todos os sucesso de Amy Winehouse - Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Show de Amy WInehouse no Recife ficou marcado na memória do público e foi um dos grandes eventos de 2011 - Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Além do Recife, Amy Winehouse cantou em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Florianópolis - Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Apesar de aparentar momentos de desconexão no palco, Amy Winehouse levou o público do Recife ao delírio - Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Carreira meteórica de Amy Winehouse a consagrou como uma das maiores divas do século 21 - Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Show de Amy Winehouse no Recife aconteceu seis meses antes da morte da artista - Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Amy Winehouse levou um tombo no Recife, ao tentar dar uma pirueta no palco - Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Amy Winehouse, um dos maiores talentos da música internacional, se apresentou no Recife em 13 de janeiro de 2011 - Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Cantora interagiu com o público recifense, mas por vezes esqueceu as letras das músicas - Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Amy Winehouse contou com o apoio de sua banda para entregar versões enérgicas de seus sucessos - Foto: Alexandre Severo/JC Imagem
Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Voz poderosa de Amy Winehouse brilhou, apesar de eventuais tropeços da artista - Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Canções como 'Rehab' e 'You Know I'm No Good' fizeram parte do repertório do show de Amy Winehouse no Recife - Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Amy Winehouse se apresentou no pavilhão do Centro de Convenções como parte de sua turnê no Brasil - Foto: Heudes Régis/JC Imagem

Além do Recife, a cantora se apresentou em outras cidades brasileiras: Rio de Janeiro, Florianópolis e São Paulo. Na capital pernambucana, os cerca de 12 mil fãs encheram o Centro de Convenções e era clara a ansiedade para ouvi-la entoar sucessos como Rehab, You Know I'm No Good e Love Is a Losing Game. Quando ela entrou no palco, os gritos eram ensurdecedores.

Ao longo de 1h20, Amy Winehouse mostrou que sua voz era mesmo um instrumento único, capaz de evocar os sentimentos mais profundos e genuínos. Porém, a cantora também parecia exausta fisicamente e emocionalmente drenada. Ela interagiu com os fãs, tentou se divertir no palco, mas era clara a sua fragilidade.

Em uma tentativa de rodopiar, caiu no chão, sendo ajudada por um dos membros de sua banda. Amy também esqueceu algumas letras, parecia confusa em vários momentos, inclusive com saídas repentinas do palco. O público, no entanto, foi ao delírio, exemplificando a já conturbada relação dos fãs com a cantora - quase que fetichizando sua fragilidade física e emocional.

O estado de saúde da artista se debilitaria ainda mais nos meses seguintes, culminando com sua morte em 23 de julho daquele mesmo ano, aos 27 anos, por intoxicação alcoólica. A apresentação no Recife, apesar de errática, foi uma oportunidade única do público pernambucano de presenciar um dos talentos mais espetaculares da música internacional, cujas interpretações viscerais habitam o imaginário coletivo até hoje.

RELEMBRE SUCESSOS DE AMY WINEHOUSE:

Comentários

Últimas notícias