Luto

Morre Kayto, violinista e compositor da banda Som da Terra

Músico de 60 anos foi encontrado falecido em sua casa nesta quinta-feira (18)

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 18/02/2021 às 17:57
Notícia
Instagram / @somdaterra / Reprodução
O músico Carlos Alberto Rocha, o Kayto, da banda Som da Terra, tinha 60 anos - FOTO: Instagram / @somdaterra / Reprodução
Leitura:

Atualizada às 18h50

O músico Carlos Alberto Rocha, o Kayto, da banda Som da Terra, de 60 anos, foi encontrado morto nesta quinta-feira (18) em sua casa após um enfarto fulminante. Kayto era produtor, violinista e compositor do conjunto recifense há mais de 40 anos. Segundo o comunicado divulgado pela banda nas redes sociais, Kayto foi encontrado sem vida após ligar para um amigo e informar que estava com pressão alta.

>> Som da Terra celebra 40 anos do Galo

>> Banda Som da Terra grava DVD para homenagear Luiz Gonzaga

>> Morre Guitinho da Xambá, vocalista do grupo Bongar

Ainda segundo a nota do Som da Terra, Kayto era "um profissional com muitas veias artísticas, que encantava a todos com sua alegria". Sua última aparição em público com o conjunto foi na live do Galo da Madrugada, no último sábado (13). A banda se solidarizou com todos os familiares e amigos do músico.

O Jornal do Commercio localizou Rominho, vocalista e percussionista da banda, que falou sobre a perda do companheiro de música: "Kayto era uma figura maravilhosa. Um cara talentoso demais! Ele pegava um computador, montava e desmontava sem fazer um curso de informática. Ele fazia tudo. Ele cuidava do áudio, editava os vídeos sem fazer um curso, mas era de uma inteligência espetacular".

"Kayto era um músico fantástico! Tocava muito bem violão, cantava divinamente, um grande compositor. Era uma figura superversátil nos vocais do Som da Terra. Era ele quem administrava e fazia as bases vocais da banda para os shows. Kayto teve uma participação maravilhosa na banda. Era uma pessoa do bem mesmo. Era aquele cara que tinha raiva de ninguém. Gostava de todo mundo, da vida, do Som da Terra. Ele amava o Som da Terra! Era uma pessoa diferenciada, despretensioso, de bem com a vida, muito bacana e agradava todo mundo. Eu não conheço uma pessoa que não goste dele", completou Rominho.

O velório de Kayto está marcado para esta sexta-feira (19), a partir das 8h, no Cemitério de Santo Amaro, no Centro do Recife, com enterro às 11h30.

VEJA O POST DO SOM DA TERRA:

Comentários

Últimas notícias