Televisão

'Falas de Orgulho': Saiba como será o especial LGBTQIA+ da TV Globo nesta segunda-feira (28)

Programa dedicado aos diversos gêneros apresentará personagens de diferentes idades, regiões, trajetórias de vida e religiões

Robson Gomes
Cadastrado por
Robson Gomes
Publicado em 28/06/2021 às 17:14 | Atualizado em 28/06/2021 às 18:17
TV GLOBO/DIVULGAÇÃO
A drag queen Sasha Zimmer é uma das personagens do especial 'Falas de Orgulho' - FOTO: TV GLOBO/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Nesta segunda-feira (28), data em que se celebra o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, a TV Globo apresenta, logo após a novela Império, a trajetória de uma comunidade plural, pessoas completamente diferentes entre si mas que se reconhecem em um ponto em comum: o orgulho; de ser livre, de se relacionar sem preconceitos, de existir e de ter voz. É o especial Falas de Orgulho.

>> No Dia do Orgulho LGBTQIA+, Pabllo Vittar supreende Gil do Vigor no 'Encontro'

>> MPPE apura denúncias contra escola em Aldeia que criticou campanha LGBTQIA+ da Burger King

>> Dia do Orgulho: Recife implanta novas áreas de urbanismo tático com cores da bandeira LGBTQIA+

O programa mostrará as jornadas de oito personagens de diferentes idades, regiões, trajetórias de vida e religiões — e por trás delas, histórias de superação, preconceito e auto aceitação, passando por temas transversais às letras que formam a sigla LGBTQIA — que culminam na celebração de poder ser quem se é e na exaltação dessas vozes.

São eles: Richard Alcântara, 24 anos, jovem transgênero de Caçapava, interior de São Paulo, que sonha ser bombeiro civil; Ariadne Ribeiro, 40, mulher transgênero que é assessora de apoio comunitário da Unaids/ONU; Geisa Garibaldi, 37, a lésbica carioca é criadora do Concreto Rosa, empresa de serviços de mão de obra feminina; Ângela Fontes, 69, enfermeira aposentada que só falou abertamente sobre ser lésbica na terceira idade; Fábio, 30, jovem gay de São Paulo que dá vida à drag queen Sasha Zimmer; Mário Leony, 46, homem gay de Aracaju, que é delegado da Polícia Civil há 20 anos; Maycon Douglas, 27, jovem bissexual nascido em Pernambuco e mora na Rocinha, comunidade da Zona Sul do Rio de Janeiro; e Mariana Ferreira, 35, médica bissexual, que tem um consultório particular e trabalha como ginecologista do SUS.

Para contar essas histórias, Falas de Orgulho percorreu diversos estados do País e acompanhou essas pessoas em seu cotidiano: na intimidade de suas casas, trabalho e no dia a dia com os amigos. Além de dar voz a essa luta na frente das câmeras, o especial também reflete a diversidade nos bastidores, em uma equipe majoritariamente LGBTQIA+ em diversos setores: desde a direção, passando pelos assistentes, fotografia e roteiristas.

O programa ainda trará um manifesto das artistas Pabllo Vittar, Majur e o pernambucano Johnny Hooker. E além da Globo, o especial Falas de Orgulho vai ao ar nos canais fechados GNT (30/6) e Canal Brasil (2/7).

VEJA A APRESENTAÇÃO ESPECIAL:

Comentários

Últimas notícias