CINEMA

Novo "Venom" estreia no Brasil após quebrar recorde nos EUA

Filme teve melhor estreia no país de origem na pandemia, além de se tornar a 4ª melhor estreia da história da Rússia

Emannuel Bento
Emannuel Bento
Publicado em 06/10/2021 às 18:23
COURTESY OF SONY PICTURES
Venom é um dos personagens mais complexos personagens do universo Marvel - FOTO: COURTESY OF SONY PICTURES
Leitura:

O longa-metragem "Venom - Tempo de Carnificina", que estreia no Brasil e em toda a América Latina nesta quinta-feira (7), mostrou um ótimo desempenho nos dois primeiros territórios em que estreou:  Rússia e Estados Unidos. Na Rússia, o filme faturou mais de 15 milhões de dólares no fim de semana de estreia, se tornando a maior abertura da Sony no país. Também se tornou a 4ª melhor abertura de todos os tempos no país.

Já nos Estados Unidos, o filme faturou 90 milhões de dólares em seu fim de semana de abertura, 10 milhões acima da estreia do primeiro filme, em 2018. Assim, "Tempo de Carnificina" se tornou a maior abertura do país na pandemia. Os números podem ser explicados pelo maior número de pessoas vacinadas, que agora podem consumir filmes nas grandes salas multiplexes, além da diminuição das restrições nos países.

No filme, Tom Hardy retorna às telonas como o protetor letal Venom, um dos maiores e mais complexos personagens do universo Marvel. Dirigido por Andy Serkis, com roteiro de Kelly Marcel, o filme também traz no elenco Michelle Williams, Naomie Harris e Woody Harrelson no papel do vilão Cletus Kasady/Carnificina.

O filme também é marcado pela primeira vez em que Tom Hardy assina o crédito da história de um filme. Ele mesmo que escolheu escrever para o filme, trabalho que fez ao lado da roteirista Kelly Marcel.

Assista ao trailer:

Comentários

Últimas notícias