Luto

Estrelinha: Marília Mendonça gravou música sobre perda de um ente querido; veja a letra e ouça

"Quando bater a saudade, olhe aqui para cima", diz um trecho da canção, lançada em 2018

Ana Maria Miranda
Cadastrado por
Ana Maria Miranda
Publicado em 06/11/2021 às 10:14 | Atualizado em 06/11/2021 às 10:45
Reprodução/YouTube
Marília Mendonça gravou música sobre perda de um ente querido em 2018 com Di Paullo & Paulino - FOTO: Reprodução/YouTube
Leitura:

A cantora sertaneja Marília Mendonça, que morreu nessa sexta-feira (5) em um acidente aéreo aos 26 anos, fez uma participação especial na música "Estrelinha", da dupla Di Paullo & Paulino, em 2018. O que chama a atenção é que a letra trata da perda de um ente querido. Por causa disso, muitos fãs recorreram ao vídeo da canção para lembrar da cantora e lamentar sua morte precoce. A cantora deixa o filho Léo, que completa dois anos em dezembro.

A letra da música tem versos como "Quando bater a saudade/ Olhe aqui pra cima / Sabe lá no céu aquela estrelinha/ Que eu muitas vezes mostrei pra você/ Hoje é minha morada/ A minha casinha". O vídeo publicado no perfil do YouTube de Di Paullo e Paulino tem mais de 152 milhões de visualizações.

"É uma música com a qual todo mundo se identifica. Não há ninguém no mundo que não tenha perdido alguém próximo e que não sofra com isso. A canção traz esperança, aconchego e sugere que a vida não é apenas terrena. Quem acredita, quem é espiritualizado, certamente se sente confortado", disse o cantor Di Paullo, na época do lançamento.

A canção foi comporta por Gabriel Rocha, Leandro Visacre, Luigi e Lucas Carvalho. Mix e Master são dos Estúdios Gravosic.

Veja o vídeo:

Confira a íntegra da letra:

"Estrelinha

Enxugue esse rosto
E venha aqui fora como de costume
Vamos conversar
Que pra te alegrar tem até vagalume
Tem dia que vai piorar
Saudade vai apertar
Até que “cê” tá indo bem
Faz falta aqui pra mim também

Lembra de quando
Eu ficava acordado até tarde esperando
Só pra ganhar
Um beijo de boa noite antes de dormir
Daqui não é diferente
Te beijo mas você não sente

Quando bater a saudade
Olhe aqui pra cima
Sabe lá no céu aquela estrelinha
Que eu muitas vezes mostrei pra você
Hoje é minha morada
A minha casinha
Mesmo que de longe tão pequenininha
Ela brilha mais toda vez que te vê"

O acidente

O acidente aéreo aconteceu no distrito de Piedade de Caratinga, em Caratinga, interior de Minas Gerais, e deixou cinco mortos: Marília Mendonça; o tio e assessor dela, Abicieli Silveira Dias; o produtor Henrique Ribeiro; Geraldo Martins de Medeiros (piloto) e Tarciso Pessoa Viana (copiloto).

O avião, modelo Beech Aircraft, caiu nas pedras de uma cachoeira. Os bombeiros foram acionados às 15h30 para atender a ocorrência. A morte de todos os ocupantes foi confirmada por volta das 17h30.

A Companhia Energética de Minas Gerais S.A. (Cemig) informou que o avião que transportava a cantora e outras quatro pessoas atingiu um cabo de uma torre de distribuição da companhia no distrito de Piedade de Caratinga.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão do Comando da Aeronáutica, foi acionado para investigar as causas da queda do avião.

Comentários

Últimas notícias