dívida

Marcelo Falcão tem prisão decretada por não pagamento de pensão alimentícia

Justiça determinou que o ex-vocalista do O Rappa ficará 60 dias em prisão domiciliar e só poderá sair para atendimentos médicos, caso necessite

JC
JC
Publicado em 12/11/2021 às 22:44
DAYVISON NUNES/ACERVO JC IMAGEM
A filha do cantor, de 22 anos, foi quem propôs a ação - FOTO: DAYVISON NUNES/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Com informações do G1

O ex-vocalista do O Rappa, Marcelo Falcão, teve a prisão decretada pela Justiça do Rio de Janeiro por não pagar pensão alimentícia. O cantor ficará 60 dias em prisão domiciliar e só poderá sair para atendimentos médicos, caso necessite. No processo, ele afirma não ter condições de pagar a dívida, que ultrapassa os R$ 80 mil. A decisão foi tomada na segunda-feira (8) e o mandado foi expedido nessa quinta-feira (11).

A filha do cantor, de 22 anos, foi quem propôs a ação. Marcelo ainda não foi notificado porque está no exterior, em São Francisco, nos Estados Unidos, fazendo uma turnê. 

O processo diz que o artista teve várias oportunidades para quitar a dívida, inclusive com parcelamento.

Cantor alega falência

O cantor afirmou não ter condições financeiras para pagar a dívida e que o valor apresenta "flagrante excesso do quanto estabelecido". Marcelo alegou que a sua carreira musical teve um declínio por causa da pandemia, e com isso ele chegou a completa falência.

A justiça entendeu que houve descumprimento voluntário da obrigação legal por parte de Falcão. "Nos presentes autos está demonstrado de forma clara o descaso do executado em relação ao cumprimento de sua obrigação em pagar a integralidade dos alimentos à filha, hoje maior", disse o juiz André Cortes Vieira Lopes, da 18ª Vara de Família do Rio.

O processo corre em segredo, segundo o advogado que representa a filha do artista, Júlio Marques Guimarães Júnior. "O processo se arrasta há 13 anos, ainda em primeira instância, em razão de inúmeros recursos procrastinatórios interpostos", explicou.

 Desde 2008, Marcelo Falcão tem uma ação de investigação de paternidade. O teste de DNA, feito em 2016, deu positivo.

Comentários

Últimas notícias