HITS

Relembre os 5 maiores sucessos de MC Boco, morto a tiros no Grande Recife

Cantor emplacou vários sucessos do brega-funk no começo dos anos 2010, quando formava dupla com Sheldon

Emannuel Bento
Emannuel Bento
Publicado em 27/12/2021 às 20:38
YOUTUBE/REPRODUÇÃO
SUCESSO MC Boco e Sheldon no clipe de "Fio Dental", de 2012 - FOTO: YOUTUBE/REPRODUÇÃO
Leitura:

Assassinado com 15 tiros durante um show em Ipojuca, no Grande Recife, no último domingo (26), MC Boco emplacou vários sucessos do brega-funk no começo dos anos 2010, quando formava dupla com Sheldon. A parceria começou em 2007, mas só em 2009 os primeiros sucessos passaram a ganhar repercussão nas carrocinhas de som, rádios populares e na internet, quando o YouTube e o site de downloads 4Shared eram as plataformas de divulgação online.

Nessa época, o brega-funk era um pouco diferente da estética atual, que é marcada por batidas metálicas repetitivas e refrãos do funk do Sudeste. O ritmo era como um brega dos anos 2000 mais acelerado, incorporando elementos da swingueira e do funk.

A dupla acabou em 2014, quando Sheldon tirou o "MC" do nome, adotou o sobrenome "Férrer" e passou a diversificar seu repertório. Boco, por sua vez, continuou dentro de uma cena mais ligada ao "funk das antigas", continuando a amizade com nomes como MC Leozinho. Relembre os principais sucessos da época:

1 Mete o Fio Dental, de Sheldon e Boco com DJ Nando

"Mete o Fio Dental", lançada no final de 2012, pode ser considerada o ápice da dupla Sheldon e Boco. O clipe conta com participação do DJ Nando Ramos, que participava das programações de eventos do ritmo no Grande Recife. O clipe mais profissional, gravado pela PRO Rec numa praia, marcou bastante o cenário do brega, já que o audiovisual se tornou um produto importante do ritmo.

2 Beijo de Tabela, de Sheldon e Boco com Afala e Case

"Beijo de Tabela" também marcou época nesse "primeiro ápice" do brega-funk. Esse lançamento casou com o momento em que a dupla conseguiu marcar presença em eventos da classe média do Recife, incluindo boates nas Zona Norte e na Zona Sul. A música tinha ritmo acelerado e um duplo sentido pouco entendido - o "beijo de tabela" se referia à prática do sexo oral. Afala e Case também foram populares nessa época.

3 Tá Lelé, Tá Maluco, de Sheldon e Boco

Outro sucesso do ápice desse começo do brega-funk, em 2011, estimulado pelo sucesso da gravação do DVD no Clube Português, nas Graças, Zona Norte do Recife. Essa música abriu o show, que interditou a Avenida Agamenon Magalhães. Aqui, já é possível notar a maior presença da exaltação da ostentação ("Eu tô embrazado / De carro importado / Whisky e redbull num quarto espelhado) junto com o erotismo, temáticas importantes do funk do Sudeste.

4 "Mulher Estrogonoff", com Leozinho


Antes do brega-funk, esse brega romântico foi gravado quando MC Leozinho, maior nome do funk de Pernambuco, estava intensificando sua aproximação do brega. Boco, inclusive ficou bastante conhecido pelas gravações com Leozinho. Sheldon o convidou para formar dupla nessa época, no camarim de um show.

5 "Nós Gosta de Novinha", de Sheldon e Boco


Junto com "Dois Corações", de MC Leozinho e DJ Serginho, "Melô do Amigo Safado" e "Posição da Rã", da antiga dupla Metal e Cego, essa música foi um dos marcos iniciais do brega-funk. Foi quando Sheldon e Boco adotaram um brega acelerado, com linguajar mais erótico, se aproximando da realidade do funk carioca. No primeiro DVD da dupla, gravado no Gigantes do Samba, na Bomba do Hemetério, Sheldon canta essa música e anuncia Boco cantando: "pra quem pensou que ele morreu / Boco apareceu / Boco apareceu...".

Sobre o assassinato

Em nota, a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) informou que as investigações sobre o homicídio do cantor já foram iniciadas pela Equipe da Força Tarefa de Homicídios Metropolitana Sul, da Polícia Civil de Pernambuco. Segundo a secretaria, as diligências seguirão até o total esclarecimento do crime, bem como o policiamento ostensivo preventivo, realizado pelo 18° Batalhão da Polícia Militar, que continuará com incursões e rondas na localidade com objetivo de localizar e capturar os envolvidos.

Quanto a segurança no município, a SDS informou que as forças de segurança de Pernambuco têm atuado em favor da preservação da vida em todo o Estado. Em Ipojuca, local onde aconteceu o crime, as ações do Pacto pela Vida resultaram em uma queda de 37% nos homicídios registrados nos meses de janeiro a novembro deste ano, em comparação com o mesmo período de 2020.

Comentários

Últimas notícias