ENQUETE

Você concorda com a decisão do governo Bolsonaro de suspender exibição de filme de Danilo Gentili? Vote na enquete

Filme é acusado por bolsonaristas de fazer apologia à pedofilia. O comediante diz que está sendo alvo de censura

Estadão Conteúdo
Cadastrado por
Estadão Conteúdo
Publicado em 15/03/2022 às 15:42 | Atualizado em 16/03/2022 às 2:09
DIVULGAÇÃO
Imagem de divulgação do filme 'Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola', baseado em livro de Danilo Gentilli - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

O Ministério da Justiça e Segurança Pública determinou que plataformas de streaming deixem de exibir o filme "Como se tornar o pior aluno da escola", baseado no livro homônimo de Danilo Gentili. O longa, que foi lançado em 2017 e chegou à Netflix em fevereiro deste ano, é acusado por bolsonaristas de fazer apologia à pedofilia. Você concorda com a decisão? Vote na enquete abaixo.

O trecho do filme que circula na internet mostra um personagem interpretado pelo ator Fábio Porchat tentando convencer dois adolescentes a fazer sexo com ele. No filme, uma comédia, os menores de idade fogem do homem após o convite, mas essa parte foi cortada do vídeo que está sendo compartilhado.

Em medida cautelar publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (15), o Ministério da Justiça determina multa diária de R$ 50 mil às plataformas que não retirarem a obra de seus catálogos em cinco dias.

Para Gentili, a determinação da pasta "soa como oportunismo, censura e perseguição". O humorista afirmou que o movimento nas redes contra a obra serve para "destratar desafetos que possuem opiniões independentes, fazer cortina de fumaça contra problemas reais e engajar a rede deles" em ano eleitoral.

Comentários

Últimas notícias