MÚSICA

SÃO JOÃO CARUARU 2022: programação inclui 23 artistas de forró estilizado e apenas 8 de forró tradicional

Entre os artistas divulgados, apenas 8 são considerados do forró tradicional no palco principal

Bruno Vinicius
Cadastrado por
Bruno Vinicius
Publicado em 04/04/2022 às 16:24 | Atualizado em 04/04/2022 às 18:13
Divulgação/Prefeitura de Caruaru
São João de Caruaru - FOTO: Divulgação/Prefeitura de Caruaru
Leitura:

Depois que o cantor Jorge de Altinho, famoso pela música "A Capital do Forró", relatou sobre a sua ausência no São João de Caruaru, debates foram levantados sobre a presença do forró pé-de-serra na programação do Maior São João do Mundo. As atrações das festas juninas da capital do Agreste foram divulgadas na semana passada pela ex-prefeita Raquel Lyra (PSDB) - um pouco antes dela oficializar sua pré-candidatura ao governo de Pernambuco. Entre os artistas divulgados, apenas 8 são considerados do forró tradicional no palco principal.

Quem vai fazer a abertura do São João de Caruaru 2022 vai ser Elba Ramalho, no dia 4 de junho, na mesma data em que Cláudia Leitte e Solange se apresentam. Com 42 atrações, as festas juninas na cidade agrestina vão contar com 23 artistas e bandas de forró estilizado (incluindo o piseiro). O sertanejo é o terceiro gênero com mais artistas, ocupando a programação com 7 atrações. Enquanto isso, o axé/pagode baiano terá dois artistas. Já o brega e a música eletrônica contarão com 1 artista cada, considerando a presença de Priscila Senna e Alok na programação.

Vale salientar que o forró foi considerado Patrimônio Cultural do Brasil no ano passado, no dia 13 de dezembro, data em que se celebra o Forró e Luiz Gonzaga. O Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) elevou o ritmo, também, como um supergênero. O termo foi alcunhado pelas vertentes e múltiplas possibilidades a partir do forró. O xote, xaxado, baião, chamego, a quadrilha, o arrasta-pé e o pé-de-serra são os subgêneros que foram agregados ao patrimônio.

Em 2019, uma investigação do Iphan mapeou os nove estados do Nordeste, além do Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, para identificar como se expressa o forró nesses locais.

Artistas

Já quando houve a notícia do forró enquanto patrimônio, artistas alertaram da importância de incluir os nomes que fazem parte do gênero nas programações juninas e outras festividades locais. Essa questão do forró como patrimônio é muito legal. Espero que isso não fique só no papel: tem que ter uma contrapartida nisso tudo. Já que foi oficializado, têm que ter uma lei para que o São João tenha um certo espaço para o forró tradicional", disse Maciel Melo na época.

"Não adianta tornar isso como patrimônio e quando chegar o São João, os caras enchem esse pessoal da galera estilizada, do sertanejo e do piseiro, mais atuais e mais modernos, mas que não têm a ver com a tradição. Esses estilos têm o ano inteiro. Então, no mês de junho, deviam dar prioridade aos artistas que trabalham com isso", afirmou o cantor que é um dos confirmados no São João de Petrolina.

Jorge de Altinho

 

Agora, quem trouxe à tona a discussão foi Jorge de Altinho, que alcunhou Caruaru como "A Capital do Forró" nacionalmente, em 1979. "A música "capital do forró", que é de autoria de Jorge de Altinho, em parceria com Lindolfo Barbosa, registrada em 1979, portanto vai fazer 43 anos. Eu desafio qualquer pessoa em Caruaru a fazer uma pesquisa e pedir para as pessoas cantarem um trecho do hino de Caruaru e um trecho da música "a capital do forró" para a gente saber o que é mais lembrado. Se Caruaru honrasse o título que tem, colocaria Jorge como tradição para abrir oficialmente a festa, todos os anos. Seria Jorge primeiro, depois todas as outras atrações, sem desmerecer ninguém", disse Juliana Souza, esposa e responsável pelo gerenciamento da carreira de Jorge.

Nas redes sociais, a ex-prefeita afirmou que a grade de São João não foi fechada e que o cantor Jorge de Altinho seria incluso. "Gente, tenho recebido comentários sobre a ausência de alguns artistas na grade do São João, como o cantor Jorge de Altinho. Venho aqui esclarecer que a programação não está 100% fechada", disse a tucana no Twitter.

Confira a programação do pátio de eventos de Caruaru:

PÁTIO DE EVENTOS

4 de junho (sábado)

  • Elba Ramalho
  • Solange
  • Claudia Leitte

5 de junho (domingo)

  • Dorgival Dantas
  • Alcymar Monteiro
  • Alceu Valença

10 de junho (sexta-feira)

  • Renan Cruz
  • Simone e Simaria
  • Toca do Vale

11 de junho (sábado)

  • Vilões do Forró
  • Matheus e Kauan
  • Luan Estilizado

12 de junho (domingo)

  • Israel Filho
  • Limão com Mel
  • Calcinha Preta

17 de junho (sexta-feira)

  • Azulão
  • João Gomes
  • Jonas Esticado

18 de junho (sábado)

  • Fulô de Mandacaru
  • Xand Avião
  • Vitor Fernandes

19 de junho (domingo)

  • Magníficos
  • Tarcísio do Acordeon
  • Tierry

23 de junho (quinta-feira)

  • Brucelose
  • Barões da Pisadinha
  • Mano Walter

24 de junho (sexta-feira)

  • Novinho da Paraíba
  • Zé Neto e Cristiano
  • Matheus Fernandes

25 de junho (sábado)

  • Pedrinho
  • Maiara e Maraisa
  • Alok

26 de junho (domingo)

  • Cavaleiros do Forró
  • Nattan
  • Priscila Senna

28 de junho (terça-feira)

  • Davi Firma
  • Zé Vaqueiro
  • Léo Santana

29 de junho (quarta-feira)

  • Magnatas do Forró
  • Wesley Safadão
  • Geraldinho Lins

Comentários

Últimas notícias