luto

Morre o cantor e compositor romântico Louro Santos após batalha contra a covid-19

Louro tem composições famosas como "Te encontrei", "Retrato" e "Virou minha cabeça"

Elton Ponce
Elton Ponce
Publicado em 23/11/2020 às 6:56
Notícia
Reprodução/Instagram
Louro Santos - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Morreu neste domingo (22) aos 49 anos o cantor pernambucano Louro Santos. Ele estava internado há um mês no Hospital HapVida, no Recife, numa batalha contra a covid-19. Louro era instrumentista e fez parte das bandas Aveloz e Forró da Malagueta. Também ficou bastante conhecido após fazer dueto com o filho, Victor Santos, interpretando a música "Retrato". Já compôs músicas para artistas consagrados, como Joelma. Ainda não há informações sobre o sepultamento, mas é provável que deva ocorrer nesta segunda-feira (23). Mas por conta do protocolo sanitário do coronavírus, o velório não poderá ser realizado.

Além de "Retrato", Louro também tem composições famosas, como “Te encontrei” e “Virou minha cabeça”, sucesso na voz de André Viana.

Diversos artistas demonstraram pesar após a notícia da morte de Louro, como o próprio André. "Notícia triste nesse momento, coração cheio de dor, o cara que me deu o meu maior sucesso, música mais tocada no nordeste. Nesse momento está no céu, Deus vai estar de braços abertos, amigo, para te receber , pois você era um bom amigo, um bom pai, um ótimo artista, cantor e compositor , meus sinceros sentimentos a toda família. Louro Santos, vai com Deus", postou.

"Vamos continuar nos cuidando para que esse vírus não leve mais ninguém que amamos", disse a cantora Joelma ao postar foto ao lado do cantor pernambucano nas redes sociais. O cantor Bell Oliver, da banda Calcinha preta, também prestou homenagem. "A música está de luto! Que Deus conforte a família do nosso amigo e o receba em seus braços", afirmou, nas redes sociais.

"Tive a oportunidade de gravar suas músicas, sempre teve minha admiração, um artista completo, que vai fazer muita falta. Tenho certeza que você será recebido com muita festa no céu", escreveu o cantor Raí Soares, da banda Saia Rodada.

Já a também pernambucana Priscila Senna, conhecida como Musa, escreveu o seguinte: "Parece que foi ontem que estávamos reunidos, cantando, fazendo o que mais amamos", postou nas redes.

A história de Louro

Natural de Goiana, na Mata Norte, o instrumentista levou a música ao topo das paradas principalmente após cantá-la com o seu filho, Victor Santos, em uma gravação de DVD. Ele também era genro do compositor J. Michilis.

O artista fez parte do boom do “forró eletrônico” no Estado, quando estouraram grupos como Mastruz com Leite e Limão com Mel. No Recife, ele integrou bandas como Arretados do Forró, Chamego Arretado e Aveloz. Em um intervalo entre essas, chegou a acompanhar a MPB sofisticada de Paulo Diniz.

Depois, montou a própria banda, a Forró da Malagueta. Após o sucesso de "Retrato", pai e filho viraram um dueto. As canções cantadas pelos dois apontaram como as de maior sucesso de Louro.

Outras composições famosas do artista são as “Te encontrei” e “Virou minha cabeça”, sucesso na voz de André Viana.

Durante a pandemia, a dupla Louro e Victor fizeram três lives juntos, chamadas "De Pai Para Filho".

Comentários

Últimas notícias