Ceará

Xand Avião anuncia fim da parceria com DJ Ivis e diz que apoiará companheira do músico, que sofreu violência doméstica

Sócio no escritório Vybbe, que agencia Ivis, Xandy afirmou que "não dá" para manter o DJ na empresa depois das agressões contra Pamella Holanda

Renata Monteiro
Cadastrado por
Renata Monteiro
Publicado em 11/07/2021 às 21:45 | Atualizado em 12/07/2021 às 16:28
@XANDAVIAO/REPRODUÇÃO
DJ Ivis e Xand Aviao - FOTO: @XANDAVIAO/REPRODUÇÃO
Leitura:

O cantor Xand Avião, que é sócio na empresa Vybbe, um dos maiores escritórios de agenciamento de artistas e shows do País, publicou um vídeo na noite deste domingo se solidarizando com Pamella Holanda, companheira do DJ Ivis, que foi agredida pelo artista nos primeiros dias de julho. Segundo Xand, o contrato de Ivis com a sua empresa será rompido e toda a assistência será prestada a Pamella e à filha que ela tem com o DJ, de apenas 9 meses.

"Estava vindo de Fortaleza e quando cheguei em casa fui pego por essa tempestade do caso do DJ Ivis. Uma coisa muito séria e eu não admito e nem compactuo com qualquer tipo de violência, ainda mais contra uma mulher. Nada explica isso. Quero dizer também que já designei a minha equipe inteira para falar com Pamella e ajudar a ela e à criança no que elas precisarem", afirmou o cantor.

>> DJ Ivis agride companheira e justifica violência afirmando que 'não aguentava mais ser chantageado'

>> Duda Reis relata ao 'Fantástico' agressões de Nego do Borel, que nega acusações

>> Polícia Civil cumpre busca e apreensão em casas de nego do Borel

Sobre o rompimento com Ivis, Xand disse estar "triste" com os desdobramentos do caso. "Eu estou muito triste, porque todo mundo sabe da minha relação com o DJ, mas nada justifica violência contra uma mulher. Ele faz parte da Vybbe, mas infelizmente não dá pra continuar com ele na nossa empresa. Estou surpreso e sem palavras como vocês", declarou.

Relembre

A esposa do DJ Ivis (nome artístico de Iverson de Souza Araújo), Pamella Holanda, de 27 anos, divulgou neste domingo (11), em suas redes sociais, uma série de stories que mostram o músico agredindo-a dentro da casa do casal. Segundo informações publicadas pelo jornalista Léo Dias, do portal Metrópoles, o artista agrediu a esposa no início do mês, e teria, inclusive, ameaçado a mulher com uma faca.

Ambos chegaram a ser levados para uma delegacia do Ceará, mas Ivis não chegou a ser preso. Conforme informações repassadas a Léo Dias por fontes não reveladas, Pamella foi à delegacia sozinha, enquanto o músico acionou seus advogados para acompanhá-lo. Por conta disso, a mulher ficou amedrontada e acabou saindo da delegacia antes de prestar depoimento e fazer o exame de corpo de delito.

No outro dia, depois de se acalmar, Pamella retornou a delegacia e fez todos os procedimentos necessários, mas o flagrante não poderia mais ser lavrado, diz o Metrópoles. No dia 4 de julho, a Justiça do Ceará teria emitido uma medida protetiva em caráter de urgência a favor de Pamella e da filha do casal, de 9 meses.

Mais cedo, Ivis se pronunciou sobre o caso através do Instagram e disse que os vídeos publicados pela ex-companheira estavam incompletos e fora de contexto. O músico compartilhou também um boletim de ocorrência registrado por ele em que afirma que Pamella não aceitava o fim do relacionamento e "por inúmeras vezes" havia ameaçado se matar ou desaparecer com a filha deles.

Nos vídeos que publicou na rede, contudo, o artista não nega que tenha cometido as agressões. "Eu já tive que me embolar no chão com ela, com a mãe dela, com a minha empregada, pra ela não se jogar do hall do 10º andar. Vocês não sabem o que é isso. (...) Eu não aguentava mais chantagem não, cara", declarou.

Comentários

Últimas notícias