REALITY SHOW

BBB21: Karol Conká é acusada de preconceito contra nordestinos

Karol criticou o jeito que outra participante do programa, a paraibana Juliette, se expressa

JC
JC
Publicado em 29/01/2021 às 20:03
Notícia
GLOBO/JOÃO COTTA
JULGAMENTO Rapper entrou no programa como uma das favoritas, mas saiu com prejuízos na carreira - FOTO: GLOBO/JOÃO COTTA
Leitura:

A cantora e apresentadora curitibana Karol Conká está sendo acusada de preconceito contra nordestinos nas redes sociais após uma declaração no Big Brother Brasil 21. Na tarde desta sexta-feira (29), Karol falava sobre o jeito que a advogada paraibana Juliette Freire, também participante do reality show, se expressava, quando afirmou que "eu sou de Curitiba, tenho muita educação para falar com as pessoas". O assunto virou um dos mais comentados do Twitter.

As críticas de Karol também foram voltadas ao tom de voz que Juliete conversa. "Me disseram que lá na terra dessa pessoa é normal falar assim", contou a cantora durante conversa com Thaís Braz e Sarah Andrade.

"Eu sou de Curitiba, é uma cidade muito reservadinha", completou a cantora.

"Por mais que eu seja artista e rode pelo mundo, eu tenho os meus costumes", continuou Conká. "Você foi criada lá", concordou Sarah. "É, eu tenho muita educação. Eu tenho meu jeito brincalhão, mas reparem que eu não invado, não desrespeito, não falo nem pegando nas pessoas", enfatizou a rapper.

"Só que aí, essa pessoa [outro participante] falou que não foi por mal. E aí já me acalmei, porque pensei que a pessoa [Juliette] estava com alguma coisa comigo", explicou Karol.

Confira a repercussão

 

Posicionamento da equipe de Karol Conká

Com a repercussão do caso, a equipe de Karol divulgou uma nota nas redes sociais da artista. 

"A conversa da Karol, quando ela relaciona o termo ‘educação’ à cidade de Curitiba, tem muito mais a ver com a intenção de se mostrar mais reservada, sem que isso seja bom ou ruim; apenas uma característica de comportamento. A questão da Karol com a participante Juliette é diretamente envolvida com a circunstância da convivência da casa, de gostar ou não das coisas eu acontecem, de possuírem ruídos e sintonias em sua convivência. Por isso viemos aqui pedir desculpas a todos os cidadãos do Nordeste", diz parte do texto

Comentários

Últimas notícias