CEARÁ

Entenda por que DJ Ivis vai ser solto

Após três meses, Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, está deixando a prisão

JC Do jornal O Povo para a Rede Nordeste
JC
Do jornal O Povo para a Rede Nordeste
Publicado em 22/10/2021 às 21:47
BARBARA MOIRA/O POVO
DJ Ivis foi preso por lesão corporal contra a ex-esposa - FOTO: BARBARA MOIRA/O POVO
Leitura:

Após três meses, Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, está deixando a prisão. O motivo? Ele teve pedido de liberdade pela Justiça cearense. De acordo com o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), a Vara Única de Eusébio proferiu decisão de soltura do homem, mas o alvará de soltura ainda não foi expedido. 

O artista foi preso preventivamente no fim da tarde do dia 14 julho, três dias após a divulgação dos vídeos em que aparece agredindo sua ex-esposa, a arquiteta Pamella Holanda. Ele é investigado pelo crime de lesão corporal. Imagens que mostram uma das agressões sofridas pela arquiteta Pamella Holanda vieram a público dias antes da prisão.

 

Após conclusão do inquérito policial que investiga as agressões, o músico foi indiciado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica. No caso da primeira infração, a pena pode variar de três meses a um ano de detenção. Já em relação às outras duas, a legislação fixa de um a seis meses ou multa.

No fim de julho, Ivis teve habeas corpus negado pelo Superior Tribunal Federal (STF). Na ocasião, o ministro Gilmar Mendes rejeitou o pedido de liberdade ao músico, ponderando, entre outros motivos, que o pedido de habeas corpus não foi apreciado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), o que caracterizaria uma supressão de instância.

REPRODUÇÃO
DJ Ivis foi preso no dia 14 de julho - REPRODUÇÃO

Conforme argumentação dos advogados de defesa do músico, ele não foi indiciado pelo crime de tentativa de homicídio e os outros delitos devem resultar em pena de detenção e não de reclusão. “Em nenhum momento Iverson descumpriu as medidas protetivas e apresentou risco ao andamento do processo criminal”, considerou a defesa.

Depois da divulgação do vídeo com as agressões, o caso ganhou repercussão, com diversos artistas e políticos demonstrando apoio a Pamella, o contrato de Ivis com a produtora Vybbe, de Xand Avião, sendo rescindido, e rádios e plataformas de streaming removendo o músico de suas programações. Xand e Zé Felipe também apagaram as parcerias com DJ Ivis do Youtube, Deezer e Spotify.

Comentários

Últimas notícias