Coronavírus

Concurso do Porto Digital vai premiar soluções tecnológicas para enfrentamento do coronavírus

Inscrições para o Desafio Covid-19 terminam nesta sexta-feira (20). Concurso vai distribuir R$ 1,3 milhão em prêmios e desenvolver os projetos vencedores para implantação na rede pública de saúde

Edilson Vieira
Edilson Vieira
Publicado em 19/03/2020 às 17:49
Notícia
DIVULGAÇÃO
Parceria com a Secretaria Estadual de Saúde e Ministério Público de Pernambuco vai permitir que os projetos selecionados sejam implantados em pouco tempo na rede de saúde pública - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Termina às 18h desta sexta-feira (20), o período de inscrições para o Desafio covid-19, um concurso para empresas de tecnologia apresentarem soluções que possam ser utilizadas nos vários processos de combate ao Coronavírus. Serão distribuídos R$ 1,3 milhão em prêmios pelas ideias vencedoras que podem ser em formato de site, aplicativo, software ou qualquer outra ferramenta tecnológica.

Até o início da noite desta quinta-feira (19) 157 projetos estavam inscritos no desafio, que é uma iniciativa do Ministério Público de Pernambuco, Secretaria Estadual de Saúde, e realizado pelo Porto Digital, através do Open Innovation Lab. “Não estamos aqui procurando a cura para a Covid-19 mas, através da tecnologia, queremos desenvolver ferramentas que ajudem no enfrentamento da doença o mais rápido possível”, disse Pierre Lucena, presidente do Porto Digital. Até a próxima terça-feira o Porto Digital irá divulgar os vencedores.

TECNOLOGIA

O Desafio Covid-19 foi dividido em cinco segmentos: monitoramento de pessoas acima de 60 anos de idade, gerenciamento em tempo real do fluxo de informações de todo o ciclo de vida dos casos positivos da doença, identificação em tempo real de fluxo de pessoas que possam gerar uma aglomeração indesejável num quadro de decretação de isolamento, criação e uniformização de protocolos de atendimento em todos os níveis de sistema de saúde e como aumentar a realização de testes de forma rápida, acessível e confiável.

O cientista da computação Murilo Gazzola, é um dos particpantes do desafio. Ele criou um serviço via Whatsapp que permite ao usuário fazer uma triagem inicial dos sintomas da Covid-19 ajudando a evitar idas desnecessárias aos hospitais. “Tudo é feito pelo Whatsapp, através de perguntas simples feitas pelo sistema. De acordo com as respostas dadas, o sistema pode indicar que a pessoa procure um serviço de saúde ou faça um isolamento domiciliar”. Gazzola diz ainda que o sistema batizado de “Checkorona” utiliza algoritmos do serviço europeu de controle de doenças para avaliar se a pessoa tem ou não a possibilidade de estar infectada.

Todas as etapas do concurso serão realizadas por meio de ferramentas online. Durante o processo, os participantes serão acompanhados por mentores do ambiente de inovação do Porto Digital e profissionais especializados da rede pública de saúde. Uma vez selecionados, as empresas terão uma mentoria específica para que possam entregar um protótipo do projeto até as 23:59h da segunda-feira (23). As soluções premiadas serão divulgadas até a terça-feira (24), com objetivo de implementação imediata na rede de saúde pública. Mais informações no site: desafiocovid19.mppe.mp.br/.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias