MOVIMENTAÇÃO

Coronavírus: Confira novos limites de saques e transferências na Caixa

Banco objetiva contribuir para evitar aglomerações e, consequentemente, melhorar a segurança de todos os clientes

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 23/03/2020 às 7:15
Notícia
AGÊNCIA BRASIL
Medida visa o enfrentamento ao novo coronavírus. - FOTO: AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

A Caixa Econômica Federal amplia, a partir desta segunda-feira (23), os limites de movimentações nas contas dos clientes, os serviços digitais e remotos e a implanta nova padronização do atendimento presencial no interior das agências, onde serão realizados os serviços sociais essenciais, como medida de enfrentamento ao novo coronavírus.

» Coronavírus: Caixa possibilita pausa de pagamentos de dívidas

» Caixa suspende sorteio da Loteria Federal por três meses devido ao coronavírus

» BNDES vai injetar R$ 55 bi na economia para combater efeitos do coronavírus

» Coronavírus adoece a economia no Brasil e no mundo

“As medidas têm como objetivo contribuir para evitar aglomerações e, consequentemente, melhorar a segurança de todos os clientes, colaboradores e parceiros da CAIXA no contexto da pandemia”, disse a instituição, em nota.

Agora os clientes vão poder sacar até R$ 3 mil nas Casas Lotéricas e, nos Correspondentes Caixa AQUI, até R$ 2 mil. Também aumenta para R$ 5 mil o limite de transferências eletrônicas entre contas da CAIXA em todos os canais.

Correntistas e poupadores passam a ter a possibilidade de ampliar os limites de movimentação bancária pelo celular para valores ainda maiores, através de autorização, que poderá ser realizada por meio do próprio aplicativo, com posterior validação no Caixa Eletrônico ou por atendimento via WhatsApp.

Pausa de pagamentos de dívidas

A partir desta segunda, clientes da Caixa podem prorrogar a validade da avaliação de imóveis por até 60 dias. Aumentou também para o mesmo prazo as novas avaliações de crédito e proporcionará atendimento diferenciado para assinatura do contrato habitacional aos clientes do grupo de risco.

Segundo o banco, os clientes também poderão pedir a suspensão temporária de até duas prestações para financiamentos habitacionais e Crédito Imóvel Próprio (Home Equity) sem sair de casa, por meio do aplicativo Habitação CAIXA ou dos telefones 3004-1105 e 0800 726 0505, opção 7, onde encontrarão ainda alternativas para renegociação de financiamento habitacional.

Atendimento de serviços sociais essenciais nas agências

A capacidade operacional das agências físicas, a partir desta segunda, será centralizada no pleno funcionamento das salas de autoatendimento. No interior das agências, poderão ser realizados somente os seguintes serviços: saque INSS sem cartão; saque de Seguro Desemprego/Defeso sem cartão e senha; saque Bolsa Família e outros benefícios sociais sem cartão e senha; pagamento de Abono Salarial e FGTS sem cartão e senha; desbloqueio de cartão e senha de contas; e abastecimento e processamento de depósitos realizados nas máquinas de autoatendimento.

A Caixa informou que manterá a abertura antecipada em uma hora de 1.619 agências exclusivamente para os atendimentos de clientes de grupo de risco. A lista dessas unidades pode ser consultada no seguinte endereço www.caixa.gov.br/caixacomvoce/Paginas/default.aspx.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Confira o mapa de casos

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada

 

Comentários

Últimas notícias