benefício

Coronavírus: Semana Santa é decisiva para quem precisa de auxílio de R$ 600; veja o que fazer para receber

A estimativa é de que 54 milhões de brasileiros sejam beneficiados

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 05/04/2020 às 19:29
Notícia
MARCOS SANTOS/USP IMAGENS
O PIB vai terá uma enorme queda devido ao coronavírus - FOTO: MARCOS SANTOS/USP IMAGENS
Leitura:

Atualizada às 11h30, dia 07/04/2020

Após o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmar na sexta-feira (3) que o auxílio emergencial de R$ 600 - que irá beneficiar trabalhadores informais afetados pela pandemia do novo coronavírus - deverá ser depositado a partir desta terça-feira (7) para os que têm conta na Caixa. Os dias que antecedem a Páscoa são de grande expectativa para os cerca de 54 milhões de brasileiros que devem ser beneficiados pela medida. De acordo com o secretário-executivo do ministério da Economia, Marcelo Guaranys, o auxílio terá um impacto de R$ 98 bilhões nos cofres do governo. Nesta segunda-feira (06) o Governo deve divulgar mais detalhes sobre o pagamento.

Na terça-feira o Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal, disponibilizou um aplicativo para que os trabalhadores possam baixar, preencher os dados e realizar cadastro. O ministro também informou que a plataforma deve permitir que em até 48 horas os pedidos sejam processados, ou seja, o crédito poderá ser depositado em contas bancárias da Caixa, Banco do Brasil ou entidades privadas ainda na Semana Santa.

O aplicativo tem o objetivo de coletar dados de pessoas que não estão no Cadastro Único (CadÚnico), contribuintes individuais e o microempreendedor individual. Caso o trabalhador esteja inscrito no CadÚnico, o aplicativo avisará no momento em que ele digitar o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

>> Baixe aqui o aplicativo para se cadastrar e receber R$ 600 do auxílio aos informais

Saiba quando receber o auxílio

De acordo com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, cerca de 10 milhões de pessoas com cadastro no CadÚnico terão seus dados encaminhados à Caixa Econômica Federal ainda na terça-feira. Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, apenas correntistas do Banco do Brasil e poupadores da Caixa devem receber o auxílio emergencial já na quinta-feira (9).

Já os beneficiários do Bolsa Família receberão o auxílio de acordo com o calendário do programa.

Baixe o aplicativo

iOS: https://apple.co/2xb9D9B

Android: https://bit.ly/2x2r9Nw

Quanto cada pessoa poderá receber?

O auxílio será no valor de R$ 600 por pessoa (até R$ 1.200 por família). As mães que atuam como chefes de família poderão receber duas cotas do auxílio, o que significa a quantia de R$ 1.200,00.

Auxílio não vai ser descontado se conta estiver negativa

Uma das preocupações é de que as pessoas que tiverem saldo negativo nas suas contas bancárias não tivessem o valor descontado quando o crédito for feito. Essa garantia foi dada pelo ministro da cidadania, Onyz Lorenzoni.

"As pessoas não terão esse dinheiro descontado. Esse é um auxílio emergência para atravessar uma situação difícil. O valor é para auxílio da população", garantiu.

Quem poderá receber o auxílio?

O governo estipulou regras para o recebimento da quantia. São elas:

- ser maior de 18 anos de idade;

- não ter emprego formal;

- não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;

- renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e

- não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

- exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI);

- ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);

- ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); ou

- ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

Banco 24Horas terá opção de saque

A TecBan anunciou que os caixas eletrônicos do Banco24Horas terão a opção de saque para o auxílio oferecido pelo Governo Federal. Segundo a empresa, foi implantada a função do Saque Digital, que permite a retirada de dinheiro a partir de código numérico enviado por mensagem pelo governo ao celular do trabalhador.

O saque estará disponível para qualquer cidadão, mesmo aqueles que não possuem conta em banco, nos mais de 23 mil Banco24Horas do Brasil.

Comentários

Últimas notícias