Economia

Governo Federal deve começar a pagar auxílio emergencial de R$ 600 nesta terça-feira para clientes da Caixa; saiba se você tem direito

"Espera ter o pagamento já a partir de terça-feira para quem tem conta na Caixa. Vamos no fim da tarde dizer qual horário", disse o ministro

JC
JC
Publicado em 06/04/2020 às 11:07
Notícia
Valter Campanato/Agência Brasil
MInistro da Cidadania, Onyx Lorenzoni - FOTO: Valter Campanato/Agência Brasil
Leitura:

O auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais, que será pago devido à pandemia do novo coronavírus, começará a ser pago nesta terça-feira (7) para os que possuem conta na Caixa Econômica Federal. O anúncio foi feito pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, em entrevista a uma Rádio Gaúcha. Para os que têm conta no Banco do Brasil, a previsão é de que o pagamento se inicie na quarta-feira (8). As informações são do Uol.

"Espera ter o pagamento já a partir de terça-feira para quem tem conta na Caixa. Vamos no fim da tarde dizer qual horário. Temos que ver esse volume, que vai oscilar entre 15 a 20 milhões de pessoas para saber quantos são clientes da Caixa", declarou o ministro. Onyx Lorenzoni declarou que estão sendo feitos os últimos ajustes para lançar o aplicativo que vai ajudar os trabalhadores com informações sobre o auxílio emergencial.

A previsão é de que o sistema seja lançado nesta terça-feira (7) pelo Governo Federal. O aplicativo tem o objetivo de coletar dados de pessoas que não estão no Cadastro Único (CadÚnico), contribuintes individuais e o microempreendedor individual. Caso o trabalhador esteja inscrito no CadÚnico, o aplicativo avisará no momento em que ele digitar o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). O Ministério da Cidadania estima que 20 milhões de trabalhadores estão fora da base de dados do governo. No CadÚnico, são 75 milhões de pessoas inscritas. 

Etapas

O pagamento será realizado em etapas, sendo a primeira prevista para ter início na terça-feira (7) em conjunto com a liberação do aplicativo. Já para as pessoas que estão no CadÚnico e recebem o Bolsa Família, o pagamento será feito a partir do dia 16 de abril. Quem tiver o direito receberá o crédito do auxílio emergencial no mesmo calendário do benefício regular. Essas pessoas terão avaliação automática de seu perfil.

Os beneficiários do Programa Bolsa Família não precisarão baixar o aplicativo. Segundo Onyx, eles já estão inscritos na base de dados e poderão, entre os dias 16 e 30, escolher se receberão o Bolsa Família ou a renda básica emergencial, optando pelo valor mais vantajoso. As outras etapas ainda serão divulgadas pela Caixa nessa segunda-feira (6), de acordo com o site do Governo Federal.

Quanto cada pessoa poderá receber?

O auxílio será no valor de R$ 600 por pessoa (até R$ 1.200 por família). As mães que atuam como chefes de família poderão receber duas cotas do auxílio, o que significa a quantia de R$ 1.200,00.

Quem poderá receber o auxílio?

O governo estipulou regras para o recebimento da quantia. São elas:

- ser maior de 18 anos de idade;

- não ter emprego formal;

- não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;

- renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e

- não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

- exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI);

- ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);

- ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); ou

- ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

Banco 24Horas terá opção de saque

A TecBan anunciou que os caixas eletrônicos do Banco24Horas terão a opção de saque para o auxílio oferecido pelo Governo Federal. Segundo a empresa, foi implantada a função do Saque Digital, que permite a retirada de dinheiro a partir de código numérico enviado por mensagem pelo governo ao celular do trabalhador.

O saque estará disponível para qualquer cidadão, mesmo aqueles que não possuem conta em banco, nos mais de 23 mil Banco24Horas do Brasil.

Comentários

Últimas notícias