COVID-19

IJCPM distribui cartões-alimentação para jovens da Zona Sul da capital

Ao todo, 800 jovens atendidos pelo IJCPM receberão o benefício

Amanda Rainheri
Amanda Rainheri
Publicado em 30/04/2020 às 17:00
DIVULGAÇÃO/ IJCPM
Serão distribuídos 800 cartões alimentação - FOTO: DIVULGAÇÃO/ IJCPM
Leitura:

Com o objetivo de atender as comunidades do Pina e Brasília Teimosa, na Zona Sul da capital, em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) está distribuindo cartões-alimentação aos jovens matriculados nos cursos da instituição e outros moradores em situação de vulnerabilidade social. O benefício é destinado para a aquisição de cestas básicas nas próprias comunidades. Moradores dos dois bairros também estão recebendo do instituto Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para evitar a disseminação da doença. 

>> Acompanhe as últimas notícias sobre o novo coronavírus

>> Pernambuco prorroga decreto de medidas restritivas por coronavírus; veja o que segue fechado

>> "Estamos num momento crítico do distanciamento social", diz cientista do Consórcio Nordeste

Ao todo, serão distribuídos 820 cartões no valor de R$ 100, além de quatro máscaras de uso pessoal por família. O atendimento aconteceu nessa quarta (29) e quinta-feira (30) no estacionamento do RioMar, ao lado da unidade do IJCPM, seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), como uso de máscaras e de álcool em gel para higienização das mãos. A partir de agora, o contato com as famílias segue sendo realizado por telefone para a entrega do cartão. 

"Primeiro definimos que iríamos atender as famílias dos alunos que desenvolvemos trabalhos ao longo do ano, mas depois ampliamos, passando a definir áreas de carência, chegando perto de outras famílias desassistidas do Pina e Brasília Teimosa", explica a diretora de Desenvolvimento Social e de Relações Institucionais do Grupo JCPM Lúcia Pontes. 

Somando com os demais Estados com unidades do IJCPM (Bahia, Ceará e Sergipe), serão 1.950 beneficiados e um investimento de quase R$ 200 mil neste mês de abril. 

DIVULGAÇÃO/ IJCPM
Instituto distribui 800 cartões-alimentação para alunos dos cursos - DIVULGAÇÃO/ IJCPM
DIVULGAÇÃO/ IJCPM
Instituto distribui 800 cartões-alimentação para alunos dos cursos - DIVULGAÇÃO/ IJCPM
DIVULGAÇÃO/ IJCPM
Serão distribuídos 800 cartões alimentação - DIVULGAÇÃO/ IJCPM

A distribuição de alimentos e das máscaras é uma das ações sociais que o Grupo JCPM, através do IJCPM, vem fazendo para amenizar os efeitos do coronavírus, sobretudo nas famílias de baixa renda. Já foram empenhados R$ 2 milhões na intensificação de iniciativas sociais, além de atuar em frentes que visam disseminar informações.

Pessoas que estavam enfrentando dificuldade para se inscrever no Programa do Governo Federal - cujo processo é todo digital - também puderam contar com atendimento presencial, na sede do IJCPM Recife, preencher o cadastro e tirar as principais dúvidas. "Realizamos essa ação após percebemos que nem todo mundo tinha acesso a internet para fazer o cadastramento", justificou Lúcia Pontes. Cerca de 300 pessoas foram atendidas.

Além dessas ações, o IJCPM tem apoiado a pesquisa, feito doações de respiradores e cestas básicas para instituições que atuam em comunidades carentes, somando quase 50 toneladas de alimentos doados. O instituto também tem auxiliado com verbas para reabertura do Hospital Alfa, adquirido administrativamente pelo Governo de Pernambuco para abertura de leitos de UTI e retaguarda para pacientes com sintomas ou diagnóstico confirmado do novo coronavírus.  

Assine a nova newsletter do JC e fique bem informado sobre o coronavírus

Todos os dias, de domingo a domingo, sempre às 20h, o Jornal do Commercio divulga uma nova newsletter diretamente para o seu email sobre os assuntos mais atualizados do coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo. E como faço para receber? É simples. Os interessados podem assinar esta e outras newsletters através do link jc.com.br/newsletter ou no box localizado no final das matérias.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
- Evitar contato próximo com pessoas doentes.
- Ficar em casa quando estiver doente.
- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
- Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
- Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Comentários

Últimas notícias