OPORTUNIDADE

Polo de Confecções do Agreste de Pernambuco precisa de gente para trabalhar; saiba como se inscrever

Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz fará ponte entre candidatos e empresas

JC
JC
Publicado em 16/09/2020 às 12:48
Notícia

PIXABAY
Demanda por costureiras é grande na cidade - FOTO: PIXABAY
Leitura:

Com o início da produção das roupas para o fim de ano, Santa Cruz do Capibaribe, uma das cidades-membro do Polo de Confecções do Agreste, se vê com alta demanda por costureiras, acabadores e estampadores.

"Falta gente para produzir porque uma quantidade expressiva de pessoas fica com receio de trabalhar na pandemia e, recebendo o auxílio emergencial, prefere se resguardar um pouco mais. Isso resultou na falta de mão de obra no mercado", explicou o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz, Bruno Bezerra.

A CDL afirma que não é possível estimar a quantidade de vagas em aberto, mas que diversas empresas estão com demanda por mão de obra. "Estamos precisando de costureiras principalmente por causa da demanda reprimida nos primeiros meses da pandemia. Com o incremento do poder de compra das pessoas, com o auxílio emergencial, houve um aumento na demanda", disse.

A Câmara colocou-se à disposição para fazer uma ponte entre o candidato e a empresa. "A gente tem alguns filtros de currículo de alguns profissionais, temos um banco e, de acordo com o perfil que a empresa pede, a gente encaminha", afirmou o presidente.

Para concorrer às vagas, basta enviar o currículo para o e-mail cdlsccpe@gmail.com ou para o WhatsApp (81) 9.9400.2291. 

Rota do Mar

Uma das empresas que precisam admitir novos funcionários é a pernambucana Rota do Mar. A demanda inicial é por 30 costureiros, 10 acabadores e 5 estampadores, que serão distribuídos pelas sedes em Santa Cruz do Capibaribe, Brejo da Madre de Deus e Santa Maria do Cambucá. O salário varia entre R$ 1.400 e R$ 1.800 por 45h semanais.

Além das vagas de emprego, a Rota do Mar oferece, eventualmente, cursos profissionalizantes para jovens da cidade, segundo explicou o presidente, Arnaldo Xavier. 

"Existe a cota do Jovem Aprendiz, que recebemos jovens do Senai. Tem uma escolinha de costura dentro de duas indústrias, onde a gente disponibiliza um espaço totalmente voltado à construção de novos profissões. Dentro do programa, vamos descobrir em que área ele é melhor. A gente vai treinando para descobrir o talento dele. Estamos chamando pessoas que não sabem para que a gente possa ensinar e efetivar na empresa", explicou.

Quem estiver interessado pode se candidatar por meio do site www.rotadomar.com.br.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias