Atividade econômica

Pagamento do 13° Salário vai movimentar R$ 6,1 bilhões na economia de Pernambuco entre novembro e dezembro

Levantamento do Dieese, divulgado nesta quarta-feira (11), mostra que no Brasil o valor será de R$ 215 bilhões, equivalente a 2,7% do Produto Interno Bruto (PIB) do País

JC
JC
Publicado em 11/11/2020 às 16:29
Notícia

Fotos: Guga Matos/JC Imagem
Expectativa é que o 13° salário seja usado para pagar dívidas e realizar compras de final de ano - FOTO: Fotos: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

O pagamento do 13° salário vai movimentar R$ 6,1 bilhões na economia pernambucana entre novembro e dezembro, enquanto no Brasil o valor está estimado em R$ 215 bilhões. O dinheiro injetado no Estado será equivalente a 2,8% do total do País e de 18,3% da região Nordeste. O valor, que promete dinamizar a atividade econômica no final de ano, representa 2,8% do PIB estadual. 

Os valores serão pagos aos trabalhadores do mercado formal, inclusive aos empregados domésticos; aos beneficiários da Previdência Social e aposentados e beneficiários de pensão da União e dos estados e municípios. Cerca de 80 milhões de brasileiros serão favorecidos com rendimento adicional, em média, de R$ 2.458. As estimativas são do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). 

O número de pessoas que receberão o 13° em Pernambuco foi estimado em 2,8 milhões, equivalente a 3,5% do total que terá acesso ao benefício no País. Em relação à região Nordeste, corresponde a 17%. No Estado, os empregados do mercado formal, celetistas ou estatutários representam 56,8%, enquanto pensionistas e aposentados do INSS equivalem a 43,2%. O emprego doméstico com
carteira assinada responde por 1,4%.

DISTRIBUIÇÃO

Em relação aos valores que cada segmento receberá os empregados formalizados ficam com 64,5% (R$ 3,9 bilhões) e os beneficiários do INSS, com 35,5% (R$ 2,2 bilhões), enquanto aos aposentados e pensionistas do Regime Próprio do estado caberão 8,2% (R$ 498 milhões) e aos do Regime Próprio dos municípios, 2,9%, com cerca de 175,7 milhões.

A análise dos dados para o setor formal da economia pernambucana indica que 71,3% dos recursos do pagamento do 13° salário ao longo de 2020 se advém do setor de serviços (que inclui administração pública), contemplando cerca de 949 mil pessoas (mais de 60% do total de beneficiários). A Indústria é responsável por 12,4% dos recursos e 14,3% dos assalariados, seguido pelo comércio que, neste ano, deverá representar 12% do montante e 18,2% dos beneficiários. A Construção Civil e Agropecuária juntos, são responsáveis por 4,3% do ingresso de valores e pouco mais de 7% dos beneficiários do setor formal.

A remuneração média do setor formal foi calculada em R$ 2.454. O setor de serviços apresentou o maior rendimento, com R$ 2.898 e a Agropecuária, o menor R$ 1.309.

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias