MONTADORA

De saída do Brasil, Ford recebeu R$ 20 bi em incentivos fiscais desde 1999

Empresa anunciou fechamento de fábricas no País e fechamento da produção nacional até o fim de 2021. Fábrica no Ceará, da Troller, deve encerrar as atividades no fim do último trimestre

Do jornal O Povo para a Rede Nordeste
Do jornal O Povo para a Rede Nordeste
Publicado em 11/01/2021 às 18:02
Notícia
DIVULGAÇÃO
Fábrica Troller em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

A Ford recebeu R$ 20 bilhões em incentivos fiscais desde 1999, segundo dados da Receita Federal. A informação foi publicada primeiro pelo jornalista do O Globo, Lauro Jardim. A decisão da matriz da Ford foi de realizar o fechamento de fábricas no Brasil e encerrar a produção nacional até o fim de 2021. Fábrica no Ceará, da Troller, deve encerrar as atividades no fim do último trimestre. Em 2019, a Ford já havia fechado sua fábrica em São Bernardo e que nos próximos meses cerrará as portas das unidades de Taubaté (SP), Camaçari (BA) e Horizonte (CE).

>> De saída do Brasil, Ford recebeu R$ 20 bi em incentivos fiscais desde 1999

>> Ford anuncia fim da produção no Brasil e fechamento de três fábricas da empresa no país

A Ford anunciou que vai encerrar a produção de veículos no Brasil em 2021. Assim, no fim do último trimestre do ano, a planta da Troller, em Horizonte, será fechada. A empresa afirma que irá trabalhar em colaboração com os sindicatos para "minimizar os impactos do encerramento da produção".

Serão mantidos apenas o Centro de Desenvolvimento de Produto (na Bahia), o Campo de Provas e a sede regional (em São Paulo). Segundo a Ford, as fábricas em Camaçari-BA, que realizava a produção dos modelos Ka e EcoSport, e de Taubaté-SP, que produzia motores e transmissões, serão fechadas imediatamente.

Em comunicado, o CEO da Ford, Jim Farley, disse que a ação é necessária. "A Ford está presente há mais de um século na América do Sul e no Brasil e sabemos que essas são ações muito difíceis, mas necessárias, para a criação de um negócio saudável e sustentável".


 

Comentários

Últimas notícias