Regras

Pernambuco anuncia liberação de mais atividades; confira quais e as regras

Secretário André Longo fez apelo para que, mesmo com flexibilização, a população se cuide com máscara, distanciamento e higienização

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 02/07/2021 às 11:33
Notícia
HÉLIA SCHEPPA/SEI
Anúncio foi feito pelo secretário Estadual de Saúde, André Longo - FOTO: HÉLIA SCHEPPA/SEI
Leitura:

Atualizada às 12h28

Em coletiva nesta sexta-feira (2), o Governo de Pernambuco anunciou novas regras de convivência com a covid-19 no Estado que passam a valer já a partir da próxima segunda-feira, dia 5 de julho.

O Estado já vinha flexibilizando atividades em meio à redução nos indicadores da pandemia. Nessa quinta-feira (1º), Pernambuco registrou a mais longa tendência de queda na média móvel de mortes pela covid-19 desde 2020.

Agora, na macrorregião 1, que engloba o Grande Recife, as zonas da Mata Norte e Sul e parte do Agreste, vão poder ser realizados das 8h às 23h, durante a semana, e das 8h às 22h, nos finais de semana, os eventos sociais como aniversários, batizados, casamentos, festas infantis e formaturas.

Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, será de 50 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo continua proibido.

Mesmo com a liberação dos eventos sociais, o secretário de Saúde de Pernambuco fez um apelo para que a população mantenha os cuidados de proteção ao coronavírus, como distanciamento social, higienização das mãos e uso de máscara. "Mesmo colhendo bons resultados agora, o vírus continua entre nós, a pandemia não acabou. Para continuar avançando na ampliação da retomada e do plano de convivência, precisamos manter os cuidados e cumprir os protocolos de cada um dos setores que serão acompanhadas pelas secretarias. Ninguém quer dar passo para trás, precisamos de esforço, com cuidado necessário", afirmou.

O Movimento Pró-Pernambuco (MPP), entidade que representa o setor produtivo em prol da retomada econômica no pós-pandemia, se manifestou por meio de nota de forma favorável ao avanço do Plano de Convivência com a Covid-19 anunciado nesta sexta-feira (2). 

Segundo afirma o MPP, este início do primeiro trimestre é essencial para a economia, quando o consumo aumenta a medida que se chega mais próximo do final do ano. 

"Contribuímos, durante esse primeiro ano, para que houvesse menos ruído e mais música entre as partes e ajudamos, com nossos protocolos, para as ações de combate à Covid-19 e de retomada segura das atividades econômicas", pontua o presidente do MPP, Avelar Loureiro Filho.

O que muda no Plano de Convivência com a Covid-19 em Pernambuco a partir do próximo dia 05/07

Eventos sociais/buffet:

Na macrorregião 1, que engloba o Grande Recife, as zonas da Mata Norte e Sul e parte do Agreste, vão funcionar das 8h às 23h, durante a semana, e das 8h às 22h, nos finais de semana.

Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, será de 50 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo continua proibido.

Ex: Aniversários, batizados, bodas, casamentos, festas infantis, formaturas e noivados.

Eventos corporativos:

Na macrorregião 1, vão funcionar das 8h às 22h, tanto durante a semana quanto aos sábados e domingos. Antes, podiam funcionar até às 21h nos finais de semana.

Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 50 pessoas para 100 ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo continua proibido.

Ex: Assembleias, capacitações, cursos, conferências, congressos, convenções, encontros, entrevistas, fóruns, painéis, palestras, reuniões, simpósios, seminários, solenidades, treinamentos, webinar e workshops.

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico:

Na macrorregião 1, vão funcionar das 8h às 23h, na semana, e das 8h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar até às 22h, na semana, e às 21h, aos sábados e domingos.

Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 50 para 100 ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo, alimentos e bebidas continuam proibidos.

Cinema, teatro e circo:

Na macrorregião 1, vão funcionar das 9h às 23h, na semana, e das 9h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 10h às 22h, na semana, e das 10h às 21h, aos sábados e domingos.

Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 9h às 22h, na semana, e das 9h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 100 para 200 ou 50% da capacidade do local, o que for menor.

Museus e demais equipamentos culturais:

Na macrorregião 1, vão funcionar das 9h às 22h, na semana e nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 10h às 22h, na semana, e das 10h às 21h, aos sábados e domingos.

Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 9h às 22h, na semana, e das 9h às 21h, no final de semana. Continua permitido um visitante a cada 20 metros quadrados nas áreas expositivas internas, e um visitante a cada 10 metros quadrados nas áreas expositivas externas.

Clubes sociais:

Na macrorregião 1, vão funcionar das 5h às 23h, na semana, e das 5h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 5h às 22h, na semana, e das 5h às 21h, aos sábados e domingos.

Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 5h às 22h, na semana, e das 5h às 21h, no final de semana. Continua vedado o funcionamento de saunas e música ao vivo.

Bares e restaurantes

Na macrorregião 1, bares e restaurantes também ganham uma hora a mais de funcionamento. Agora, eles poderão abrir até as 23h, nos dias de semana, e até as 22h, no fim de semana.

Comentários

Últimas notícias